Ryan Bader anula Minotouro, frustra brasileiros e vence no UFC

Americano bate o adversário por nocaute técnico

Ryan Bader foi um visitante indigesto para Rogério Minotouro, na luta principal do UFC São Paulo, sediado no Ginásio do Ibirapuera, sábado. O americano venceu o anfitrião por nocaute técnico aos 3m51s do terceiro round. Esta foi a segunda vitória de Bader contra o adversário, a quem vencera por pontos, em 2010.

- Tenho conversado com o UFC, vou renovar, e não vejo ninguém mais merecedor que eu no top 5. É isso (disputa de cinturão) que estou almejando - disparou Bader, ainda no octógono, enquanto o público rapidamente se retirava da arena.

Bader, que atropelou Ilir Latifi em setembro, não só dá um passo à frente no peso-meio-pesado, como frustra o embalo de Minotouro, que nocauteou Patrick Cummins, em maio, no UFC 198, em Curitiba.

A luta

Rogério Minotouro e Ryan Bader começaram a luta trocando golpes no centro do octógono. O americano, conhecido pelas habilidades no wrestling, fazia frente à trocação do especialista em boxe. Entretanto, ao ver que poderia encontrar problemas, o instinto falou mais alto: ele quedou o brasileiro aos 3m20s, no double leg. Por cima, Bader trabalhou na meia-guarda, pressionando o anfitrião, desferindo cotoveladas duríssimas ao dominar o braço de Minotouro, dificultando a defesa do rival.

Bader voltou em ritmo frenético no segundo round, mirando a linha de cintura e o rosto de Minotouro. Na sequência, aplicou a queda. O brasileiro se levantou, porém, não durou mais do que um segundo em pé e foi derrubado outras duas vezes em um curto espaço de tempo. Na meia-guarda, Bader buscou a montada, ao passo que castigava o rosto de Minotouro com o cotovelo. Ao tentar se levantar, Minotouro deu ângulo para que o americano fosse para as costas e tentasse o estrangulamento. O brasileiro sentiu o arrocho no pescoço, porém, escapou da finalização - embora não tenha conseguido ficar de pé até o fim da segunda etapa.

 No terceiro round, Bader soltou um chute alto na cabeça de Minotouro. Cansado e desgastado pelos golpes do americano, Minotouro virou presa fácil para Bader, que o derrubou sem resistência, em uma repetição do que o público assistiu nos dez minutos anteriores. No centro do cage, Bader - na meia-guarda - alternava cotoveladas no rosto e na linha de cintura de Minotouro. Ao intensificar o ritmo, Bader soltou uma chuva de socos no rosto do brasileiro que tentou - em vão - se defender. O árbitro Mario Yamasaki interrompeu o duelo, enterrando o sonho de Minotouro, que almejava dar o troco em Bader, para quem perdeu seis anos atrás.


Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do SporTV