Tite não assume Seleção nem se for chamado, afirma Andrés Sanchez

Para Sanchez, Tite recusaria um eventual convite

A festa do título brasileiro do Timão ampliou o cartaz de Tite, apontado como o nome certo para assumir a Seleção na vaga do questionado Dunga. Para o dirigente alvinegro Andrés Sanchez, que já esteve na CBF e hoje lhe faz oposição, não adianta nem chamar.

"Com certeza, do jeito que está a CBF, com um presidente que não pode sair do País, não acompanha a Seleção Brasileira nas viagens, o Tite não vai. Com certeza, o Tite não vai para a Seleção mesmo sendo convidado", afirmou o superintendente de futebol Corinthians.

Image title

Fonte: Terra