Santos dribla espanhóis e garante Neymar até a Copa

Santos dribla espanhóis e garante Neymar até a Copa

A torcida santista vai demorar mais um tempo para dar adeus ao seu maior astro

Nem Real, nem Barcelona. A torcida santista vai demorar mais um tempo para dar adeus ao seu maior astro. Na tarde desta quarta-feira, o Santos acertou a permanência de Neymar no clube até a Copa do Mundo de 2014. O presidente alvinegro, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, convocou uma entrevista coletiva e anunciou oficialmente o acordo.

- Hoje, às 11h30m, terminamos as negociações. Sentamos com o pai do Neymar, um homem absolutamente compreensivo, que soube se mostrar diferente de outros, dos que se curvam a cheques polpudos. Ele entendeu que a presença do Neymar no Brasil até 2014 seria um serviço ao nosso país. Essa luta quixotesca chegou a bom termo. O fato concreto é que Neymar continua até a Copa de 2014. Contrato firmado e garantido. Não é do Real, nem do Barcelona. É do Santos - discursou Laor.

Para garantir o craque na Vila Belmiro, o Peixe irá abrir mão dos 30% a que tem direito dos contratos futuros de publicidade do atacante e o liberará após o Mundial. Segundo o mandatário, o Banco do Brasil não está participando do pagamento dos salários do atleta. No entanto, há uma negociação em andamento para que o craque se torne garoto propaganda da estatal. No novo acordo, foi acertada a redução do tempo de contrato, que vai agora até agosto de 2014 (antes iria até fevereiro de 2015), a multa rescisória foi aumentada e os vencimentos reajustados. Os valores, porém, seguem mantidos em sigilo. Atualmente, o jogador, entre salários e cotas de publicidade, recebe cerca de R$ 1,3 milhão por mês.

Luis Alvaro afirma que o Santos está trocando os valores que receberia em uma eventual venda por retorno institucional.

- A permanência do Neymar garante maiores receitas de publicidade, de cotas de televisão, presença de torcida e, claro, aumento no número de torcedores - afirmou.



Neymar, por sua vez, garante que a decisão é irrevogável.

- Essa camisa demonstra tudo isso: vou ficar até 2014. Sempre falei que não sairia. Meu desejo era permanecer. O Santos é muito grande. Nunca pensei em sair para ser o melhor do mundo. Não penso nisso. Só penso em disputar os melhores campeonatos. E o Santos já disputa isso. Ganhou a Libertadores, agora tem o Mundial. Não saio daqui - disse Neymar, que entrou ao lado do pai assim que o mandatário santista encerrou seu pronunciamento.

Neymar já havia recusado uma proposta do Chelsea, da Inglaterra, em agosto do ano passado. Na ocasião, a diretoria santista apresentou ao jogador e a seus representantes um plano de carreira para o jovem. Com o auxilio de investidores, o clube passou a pagar um salário mais alto ao jogador, além de receber gratificações por metas alcançadas: convocação para a Seleção, artilharia, títulos. Em junho deste ano, Real Madrid e Barcelona disputavam o jogador. Neymar, porém, disse "não" a ambos. O craque de 19 anos chegou, inclusive, a fazer exames sob supervisão do médico da equipe madrilenha, indício de que sua saída era apenas uma questão de tempo.

Fonte: Globo Esporte