Santos encara Mirassol sem Ganso e Neymar

Santos encara Mirassol sem Ganso e Neymar

Equipe da Vila busca ampliar liderança no Campeonato Paulista

Líder absoluto do Campeonato Paulista, com 22 pontos ganhos, o Santos busca aumentar a sua série vencedora no torneio. O Peixe busca o seu sétimo triunfo consecutivo, diante do Mirassol, domingo (21), às 17 horas (horário de Brasília), no interior paulista.

Para este confronto, válido pela décima rodada do Paulistão, o técnico Dorival Júnior terá problemas para montar a equipe já que o meia Paulo Henrique e o atacante Neymar receberam o terceiro cartão amarelo na goleada sobre o Bragantino, por 6 a 3, na última rodada, e cumprem suspensão automática neste domingo.

Sem os dois jogadores, o treinador pode modificar o esquema tático da equipe. Marquinhos, recuperado de um corte no supercílio, sofrido na vitória sobre o Rio Claro, deve ocupar a posição de Paulo Henrique. No entanto, a vaga de Neymar pode ser preenchida tanto pelo lateral direito Maranhão quanto pelo meia-atacante Madson.

Caso a primeira opção seja a escolhida, Roberto Brum pode sair da ala e formar a dupla de volantes com Rodrigo Mancha, deixando o meia Wesley atuar ao lado de Marquinhos, mais a frente. Na segunda alternativa, os santistas permaneceriam jogando com três atacantes, com Brum na lateral direita e Wesley fazendo a função de segundo volante.

- Nós perdemos dois jogadores importantes (Paulo Henrique e Neymar) e vamos ter que recompor o time para o jogo contra o Mirassol. Agora temos que provar a força do elenco com as nossas reposições. Vamos preencher essas posições com aqueles que estiverem em melhores condições de entrar.

Se por um lado Dorival Júnior não poderá contar com Ganso e Neymar, por outro, o atacante Robinho está garantido. O atacante já marcou três vezes que desde que voltou à Vila Belmiro (uma contra o São Paulo e duas contra o Bragantino) espera poder apresentar um futebol ainda melhor em relação ao que mostrou na goleada sobre o Braga.

- Realmente tenho percebido que estou em um processo rápido de evolução. Acho que ainda preciso melhorar, mas estamos no caminho certo. No entanto, o mais importante é que, com a sequência de jogos, a tendência é a gente continuar jogando bem e dando alegria ao torcedor do Santos.

Confira também

Fonte: R7, www.r7.com