Santos faz amistoso nos EUA e tem Neymar como atração

Santos faz amistoso nos EUA e tem Neymar como atração

Peixe inaugura a RB Arena em jogo festivo contra o RB New York. Dorival Júnior vai escalar um time recheado de reservas

Os amantes do futebol-arte podem ficar despreocupados. Após uma tentativa de levar Robinho, mesmo machucado, aos Estados Unidos, os organizadores do amistoso deste sábado entre RB New York e Santos terão um ótimo consolo. O atacante Neymar seguiu viagem com o técnico Dorival Júnior e será a estrela mais aguardada da partida que inaugura o estádio do adversário do Peixe, às 19h30m (de Brasília), nos Estados Unidos.

A jovem revelação santista já começa a sentir os efeitos do sucesso precoce. Após participar ativamente na goleada (4 a 0) sobre o Remo, pela Copa do Brasil, marcando dois gols, o atacante praticamente não teve tempo para descansar. No dia seguinte ao jogo, já estava de partida para Nova Jersey, onde a equipe praiana será a convidada do duelo da nova arena.

Um amistoso como esse no meio de um calendário espremido, como é o do Brasil, seria motivo para reclamação de qualquer jogador de elite, em virtude do forte desgaste causado pela longa viagem. Mas o elenco santista, principalmente os mais experientes, encaram a partida como uma forma de incentivo.

- Para mim é uma honra. Posso dizer que é um recomeço na minha carreira. Tudo na vida é um grande aprendizado. Espero voltar bem, agradar o treinador e, quem sabe, lutar em melhores condições por um espaço na equipe - comemorou o goleiro Fábio Costa, que ficou afastado dos gramados por quase nove meses.

O experiente Giovanni também se mostrou satisfeito com a chance de participar da partida.

- Isso mostra a nova mentalidade da diretoria do Santos. Um amistoso como esse eleva o nome do clube ainda mais no exterior - declarou.

Por estar comprometida no Campeonato Paulista, onde joga no domingo contra o Ituano, e na Copa do Brasil, a comissão técnica mandou um elenco bastante reduzido e recheado de jogadores das categorias de base do Santos. A escalação não foi revelada, mas é possível prever o time que vai a campo tendo a espinha dorsal formada por Fábio Costa, Germano e Giovanni, além da estreia do atacante Marcel.

Americanos também têm desfalque

Do lado adversário, a ausência mais sentida será a do experiente atacante Juan Pablo Angel, colombiano que teve passagem marcante pelo River Plate, da Argentina, além da seleção do seu país. No seu lugar, a opção encontrada pelo treinador Hans Backe foi escalar John Wolyniec ao lado de Salou.

Fonte: Globo