Santos prepara novos contratos para segurar Neymar: R$ 1 milhão por mês

Clube já tem quatro acordos publicitários acertados para o craque. Apesar do assédio, atacante pretende disputar Mundial de Clubes, garante agente

O Santos não vai abrir mão facilmente de Neymar. Embora o namoro do jogador com o Real Madrid seja dado como casamento certo pelos jornais espanhóis, a diretoria santista está se mexendo para fechar novos contratos de patrocínio para o craque. O clube alvinegro já tem quatro novas propostas prontas para o astro assinar logo após a Copa América: uma do Governo Federal, que vai usar a imagem do jogador em uma campanha que ainda vem sendo mantida em sigilo, e outras três de empresas que querem usar o camisa 11 como garoto-propaganda.

Com esses quatro novos contratos, somados aos que já estão em vigor, Neymar teria um rendimento mensal próximo a R$ 1 milhão (neste valor, entra também o salário que é pago pelo clube). Atualmente, o astro empresta sua imagem a cinco empresas. Faz propaganda de produtos eletrônicos, bebida energética, telefonia e talco antisséptico, além do contrato que mantém com uma multinacional fabricante de material esportivo. Com esses acordos, o jogador já consegue cerca de R$ 600 mil.

É claro que, atuando na Europa, Neymar teria sua imagem muito mais valorizada e difundida mundialmente. Os contratos poderiam ser renegociados por valores maiores. Ainda assim, os dirigentes alvinegros se mantêm esperançosos de ficar com o atleta pelo menos até os Jogos Olímpicos de 2012, em Londres.

O empresário de Neymar, Wagner Ribeiro, admite que o assédio de gigantes europeus se torna cada vez mais forte, mas afirma que o jogador está determinado a disputar o Mundial de Clubes da Fifa pelo Santos.

- Está nas mãos dele. Há clubes que estão dispostos inclusive a pagar a cláusula rescisória de 45 milhões de euros (cerca de R$ 102 milhões). Só que o Neymar quer ser campeão do mundo com o Santos - afirma.

O próprio jogador deu essa garantia à diretoria santista. Em contato com dirigentes alvinegros já na Argentina, onde está com a Seleção Brasileira, Neymar reafirmou seu desejo de disputar o Mundial de Clubes, em dezembro.

Renda a mais para o Santos

Todo contrato de propaganda fechado para Neymar se transforma em mais dinheiro também para o Santos. Os direitos de imagem do craque estão divididos. Ele fica com 70%, e os outros 30% são do clube. Por isso, os dirigentes afirmam que o camisa 11 dá retorno técnico e financeiro.

- Ele se paga e ainda garante dividendos importantes ao clube. É o que eu costumo dizer. Em vez de vendermos o artista, vendemos o espetáculo - afirma o presidente alvinegro, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro.



Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com