Santos reage e vence o Atlético-GO por 4 a 2

Santos reage e vence o Atlético-GO por 4 a 2

Para o Atlético-GO, o resultado significa a permanência na zona do rebaixamento por mais uma rodada.

Os pouco mais de 3 mil torcedores presentes na Vila Belmiro foram testemunhas de uma grande virada obtida pelo Santos. A equipe do litoral derrotou o Atlético-GO por 4 a 2 após estar perdendo por 2 a 0, e de quebra encerrou seu jejum de vitórias. O time paulista não havia triunfado nas últimas três rodadas.

Para o Atlético-GO, o resultado significa a permanência na zona do rebaixamento por mais uma rodada. A equipe de René Simões está em 18º, com 20 pontos. Já o Santos está na quinta colocação, com 34 pontos.

Dorival Junior mostrou estrela nesta quarta. Os três jogadores lançados pelo técnico após o intervalo - Alan Patrick, Madson e Marcel - deixaram sua marca na vitória santista. Edu Dracena fez o primeiro dos quatro gols da equipe paulista. Pelo time goiano, Josiel e William marcaram.

O jogo

O Santos começou a partida com o controle da bola, mantendo o jogo no campo de ataque. As jogadas procuravam Keirrison, que era bem marcado pelos defensores do Atlético-GO. Aos 11min, Danilo invadiu a área e passou para o centroavante, que chutou fraco para a fácil defesa de Márcio.

Dois minutos depois, o placar foi alterado, mas pelos visitantes. Robston entrou pelo meio da área e acertou a trave. No rebote, Josiel cortou a marcação e empurrou para o fundo das redes. Keirrison teve boa chance para empatar para o Santos aos 14min, mas Márcio fez boa defesa.

O Santos prosseguiu com a bola no ataque, ainda que sem levar grande perigo. Uma boa chance surgiu aos 25min, quando Neymar passou por dois e passou para Marquinhos. O meia chutou cruzado, para defesa de Márcio.

A situação do Atlético-GO se complicou quando a equipe perdeu Josiel por lesão e foi substituído por Diogo Galvão. O time visitante arriscava somente chutes de fora da área, facilitando o trabalho do goleiro Rafael.

O segundo tempo começou em grande velocidade, e, aos 5min, o Atlético-GO ampliou. Robston recebeu após cobrança de escanteio e rolou para William chutar. O meia contou ainda com a colaboração do goleiro Rafael para conseguir o segundo gol goiano.

A vantagem, porém, durou apenas um minuto. Neymar cobrou falta pela esquerda, e Edu Dracena, sem marcação, completou de dentro da área. O empate do Santos ficou perto aos 10min, quando Keirrison ajeitou de calcanhar após bom passe de Alan Patrick, mas Neymar chutou em cima do goleiro Márcio.

O Santos aumentou a pressão contra os goianos, apostando na velocidade da troca de passes. Aos 21min, Neymar chutou após sobra na entrada da área e Márcio fez grande defesa. O goleiro salvou o Atlético-GO novamente quatro minutos depois, em cobrança de falta de Marcel.

Apostando nos contra-ataques, os visitantes ficaram perto de ampliar a vantagem aos 28min, mas Elias furou a finalização e facilitou o trabalho da marcação santista. Quem marcou, porém, foi o time da casa. Madson recebeu passe de Marcel na entrada da área, cortou a marcação e chutou bonito no canto direito de Márcio.

A virada do Santos finalmente surgiu a partir dos 34min. Daniel Marques vacilou e perdeu a bola para Madson dentro da área, que rolou para Alan Patrick marcar. Três minutos depois, Neymar foi derrubado na grande área, e Marcel converteu o pênalti chutando com força. A jovem promessa discutiu com o técnico Dorival Junior após sofrer a penalidade, pois queria fazer a cobrança.

Madson teve chance de fazer o quinto aos 44min, mas chutou na rede pelo lado de fora. Neymar também desperdiçou boa oportunidade três minutos depois.

FICHA TÉCNICA

Santos 4 x 2 Atlético-GO

Gols

Santos: Edu Dracena, aos 6min, Madson, aos 30min, Alan Patrick, aos 34min, e Marcel, aos 38min do 2º tempo

Atlético-GO: Josiel, aos 13min do 1º tempo, e William, aos 5min do 2º tempo

Ponto Forte do Santos

Equipe mostrou poder de reação no segundo tempo, e apostou na veloz troca de passes no ataque para obter a virada.

Ponto Forte do Atlético-GO

Goleiro Márcio evitou uma derrota ainda mais expressiva, e segurou a vantagem do Atlético-GO por vários minutos .

Ponto Fraco do Santos

Equipe abusou nos erros de passe no ataque durante o primeiro tempo, facilitando o trabalho da defesa do Atlético-GO.

Ponto Fraco do Atlético-GO

Zagueiro Daniel Marques falhou muito no segundo tempo. Perdeu bola para Madson no lance do gol de Alan Patrick e cometeu pênalti em Neymar.

Personagem do jogo

Dorival Junior: acertou nas substituições e viu os três jogadores que lançou no segundo tempo estufar as redes do Atlético-GO.

Lance polêmico

Neymar ficou irritado após Dorival Junior determinar que Marcel cobraria pênalti para o Santos. O jogador discutiu com o técnico e saiu rapidamente após o apito final.

Esquema Tático do Santos

4-4-2

Rafael; Pará (Alan Patrick), Edu Dracena, Bruno Aguiar e Léo; Roberto Brum, Danilo, Alex Sandro e Marquinhos (Madson); Neymar e Keirrison (Marcel). Técnico: Dorival Júnior

Esquema Tático do Atlético-GO

4-4-2

Márcio; Victor Ferraz, Jairo, Daniel Marques e Thiago Feltri; Pituca (William), Ramalho, Robston e Diguinho (Juninho); Elias e Josuel (Diogo Galvão). Técnico: René Simões

Cartões amarelos

Santos: Edu Dracena

Atlético-GO: Pituca e William

Árbitro

Leandro Pedro Vuaden (RS)

Local

Vila Belmiro, em Santos (SP)

Fonte: Terra, www.terra.com.br