Santos tenta manter ataque para despachar o Remo

Santos tenta manter ataque para despachar o Remo

A missão é considerada complicada pelo técnico Dorival Júnior

O Santos enfrenta o Remo, nesta quinta-feira, às 21h (horário de Brasília), no estádio Mangueirão, em Belém, capital paraense, em busca de dois objetivos: o primeiro, claro, é vencer. Depois, tenta uma vitória por dois ou mais gols de diferença para conseguir a classificação direta para as oitavas de final da Copa do Brasil e uma folguinha na agenda.

O Peixe poderá fechar o mês (caso não consiga atingir a segunda meta), com dez jogos disputados em 27 dias. A maratona começa a causar baixas. Robinho, com uma inflamação muscular na coxa esquerda, para por até dez dias.

A missão é considerada complicada pelo técnico Dorival Júnior, mas os números animam os santistas. A equipe tem o melhor ataque do futebol brasileiro nesta temporada, com 47 gols em 16 jogos disputados, média de 2,9 gols por partida. Marcou contra todos os adversários que teve pela frente. Contra o Naviraiense-MS, quarta-feira passada, na Vila Belmiro, também pela competição nacional, fez 10 a 0, a maior goleada do futebol brasileiro neste ano até o momento. Se mantiver a média e a defesa não for batida, o Alvinegro elimina o jogo contra os paraenses, marcado para o próximo dia 31, na Vila Belmiro.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com