São Paulo abre portas para receber zagueiro Breno de volta

Breno pode voltar para o São Paulo para se recuperar psicologicamente

Em julho, Breno estava nos planos do São Paulo como solução para a defesa, que havia acabado de perder Alex Silva e Miranda. Agora, é o clube que pode exercer o papel de salvador para o jogador. De acordo com a imprensa europeia, o Bayern de Munique vê a volta ao Brasil como uma chance de reabilitar o zagueiro, e o time paulista se dispõe a ajudá-lo.

O incêndio na casa do defensor na Alemanha, que chegou a ficar preso, deixou todos no Morumbi apreensivos quanto à possibilidade de ele estar com depressão. A intenção dos dirigentes são-paulinos, atualmente, é "recuperar a pessoa antes do atleta". Algo que acreditam ser possível se ele retomar a convivência diária no CCT da Barra Funda.


São Paulo abre portas para receber zagueiro Breno de volta

"Queremos que o Breno se recupere e fique em um lugar no qual se sinta bem. Não tenho dúvida nenhuma de que aqui, conosco, ele se sentirá em casa", afirmou o diretor de futebol Adalberto Baptista, ressaltando seu interesse maior no bem estar do jogador formado no clube. "A prioridade é que a pessoa Breno esteja bem".

Oficialmente, ainda não foi aberta nenhuma negociação formal, mas os cartolas do São Paulo estão em constante contato com os dirigentes do Bayern, até para se informar sobre o defensor. As conversas dão a entender que dificilmente os alemães colocarão empecilhos para que ele reforce o clube na próxima temporada.

Breno já manifestou vontade de voltar ao clube, que o negociou no fim de 2007 por 19 milhões de euros (R$ 34,2 milhões), já para o segundo semestre. O Bayern também demonstrou que não faria esforço para travar o negócio, o problema foi o curto espaço de negociação com a antecipação do período para inscrever atletas do exterior - a janela se fechou no meio de julho.

Agora, vestir preto, branco e vermelho de novo é considerado até fundamental para que o jogador reencontre não só seu futebol, mas a paz pessoal. E não faltam amigos no CCT da Barra Funda. "Sempre falamos com ele diariamente, não é só pelo que aconteceu. É um amigo nosso, gostamos muito dele", disse o auxiliar-técnico Milton Cruz, um dos que mais apoiam e incentivam o retorno de Breno.

Fonte: Terra, www.terra.com.br