São Paulo bate Mirassol, vence 5ª seguida e assume a liderança do Campeonato Paulista

São Paulo bate Mirassol, vence 5ª seguida e assume a liderança do Campeonato Paulista

O resultado positivo conquistado fora de casa deixou o São Paulo com 34 pontos

O São Paulo assumiu a liderança do Campeonato Paulista na noite deste domingo. Em confronto disputado no Estádio José Maria Maia, a equipe comandada por Emerson Leão derrotou o Mirassol pelo placar de 1 a 0, embalou o quinto resultado positivo consecutivo na competição estadual e alcançou o primeiro lugar ao final da 15ª rodada desta Série A1. O zagueiro Rhodolfo, aproveitando bola parada, assinalou o único tento da partida e deu a ponta ao time do Morumbi.

O resultado positivo conquistado fora de casa deixou o São Paulo com 34 pontos, mesmo número do Corinthians, que chegou a este número ao vencer o clássico contra o Palmeiras também neste domingo. Contudo, o time do Morumbi assume a primeira posição em virtude do saldo de gols (16 a 11). Por outro lado, o Mirassol permanece com 18 pontos, ocupando a 12ª posição no Estadual.

A possibilidade de assumir a liderança transformou o São Paulo no início da partida. A equipe do Morumbi imprimiu um jogo de velocidade, especialmente pelo lado direito com o jovem Lucas. Somente nos primeiros 15min, o time tricolor criou pelo menos três grandes oportunidades, com Casemiro, Jadson e Paulo Miranda. Apesar do bom ritmo, a equipe visitante pecou nas finalizações e não conseguiu furar a devesa do Mirassol, que, por outro lado, investiu em contra-ataques e ligações diretas para surpreender o adversário na noite deste domingo.

A melhor qualidade são-paulina fez a diferença na segunda etapa. Embora tenha desperdiçado um pênalti com Willian José, a equipe comandada por Emerson Leão manteve a tranquilidade e chegou ao gol. Aos 18min, Jadson cobrou falta para a área e encontrou Rhodolfo. Livre, já que a defesa do Mirassol permaneceu estática, alegando impedimento, o zagueiro tocou de cabeça, superou o goleiro Fernando Leal e garantiu a liderança do Campeonato Paulista ao São Paulo nesta 15ª rodada.

Embalado por mais uma vitória na competição e a primeira posição, o São Paulo volta a campo na próxima quinta-feira. A partir das 19h30 (de Brasília), o time recebe no Estádio do Morumbi o Catanduvense. Já o Mirassol, por sua vez, segue no José Maria Maia, onde encarará na quarta-feira, às 19h30, o Bragantino.

A partida começou movimentada, com as duas equipes chegando bem ao ataque. Pelo São Paulo, Jadson teve três oportunidades para marcar antes dos quinze minutos, mas não foi bem nas finalizações. Logo aos 2min, o jogador pegou sobra de escanteio e bateu pela rede pelo lado de fora. Sempre servido por Lucas, o meia ainda cabeceou uma bola por cima do gol e tentou passe para Willian José quando podia ter batido chutado.

Pelo Mirassol, o volante Sérgio Manoel apareceu bem nos primeiros minutos do confronto e participou de duas boas jogadas da equipe da casa. Na primeira delas, ele chutou rasteiro de perna canhota e Denis fez a defesa. Posteriormente, o meio-campista cruzou na cabeça de Preto, mas o atacante finalizou em cima do goleiro Denis.

Ainda devendo uma boa apresentação pelo São Paulo, Jadson seguiu sendo lançado pelos seus companheiros, mas não conseguiu concluir bem as jogadas. Em jogada pelo lado direito da grande área, o meia pediu pênalti após dividir com um zagueiro do Mirassol, mas a arbitragem mandou o lance seguir.

Sem conseguir finalizar bem as chances criadas, o São Paulo ainda viu o time da casa chegar com perigo e quase abrir o placar aos 28min. No lance, Henrique Dias foi lançado pela esquerda e rolou para Xuxa bater para o gol. Para sorte do time tricolor, a bola desviou no zagueiro Rhodolfo e, em seguida, ainda foi jogada para fora pelo Mirassol.

Como Jadson não conseguia armar o São Paulo, Cícero teve que sair um pouco mais para o ataque e conseguiu fazer bons lançamentos nos dois lados do campo. Foi também com o versátil jogador que os visitantes tiveram a última chance do primeiro tempo, em chute de fora da área que passou à direita da meta de Fernando Leal.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Emerson Leão deu maior poder ofensivo ao São Paulo ao colocar Fernandinho no lugar de Casemiro. A troca poderia ter resultado na abertura do placar já aos 8min, quando o atacante invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro Fernando Leal. No entanto, Willian José desperdiçou a cobrança e mandou a bola na trave.

O desperdício de sua melhor oportunidade não abalou o São Paulo, que anotou o seu primeiro gol pouco depois, aos 18min da etapa final. Após cobrança de falta do contestado Jadson, o zagueiro Rhodolfo subiu livre de marcação e desviou de cabeça para o fundo das redes.

Pouco após o gol, Lucas lutou pela bola na ponta direita, driblou dois marcadores e quase fez um golaço, mas Fernando Leal conseguiu fazer boa defesa e mandar a bola para a linha de fundo. Depois dessa jogada, o clube visitante não assustou mais o arqueiro adversário, mas soube manter o resultado que o levou à liderança do Estadual.

Fonte: Terra