São Paulo e Guarani ficam no empate sem gols

São Paulo e Guarani ficam no empate sem gols

O clube do Morumbi chegou aos 8 pontos e divide temporariamente a quinta colocação com Verdão

São Paulo e Guarani sentiram a ausência de muitos titulares e fizeram jogo fraco no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Após um primeiro tempo equilibrado, a equipe do técnico Ricardo Gomes teve uma sensível melhora na segunda etapa, mas o resultado final de 0 a 0 foi justo pelo que os dois times apresentaram.

Com o resultado, o clube do Morumbi chegou aos 8 pontos e divide temporariamente a quinta colocação com o rival Palmeiras. Somando 6 pontos, o Guarani teve o seu terceiro empate na campanha e é o 13º na tabela. No meio de semana, ambos jogarão fora de casa, respectivamente contra Goiás e Vasco.

O jogo

Por razões diferentes, as duas equipes entraram em campo com times bastante descaracterizados. O técnico Ricardo Gomes não pôde escalar cinco titulares: Cicinho e Richarlyson, por suspensão, e Miranda, Rodrigo Souto e Marlos, contundidos. Já o Guarani foi impedido de levar a campo Renan, Roger e Mazola, que têm vínculos contratuais com o clube do Morumbi.

Talvez por falta de entrosamento, Guarani e São Paulo pouco produziram no primeiro tempo. Douglas e Rogério Ceni particamente não foram acionados e não precisaram realizar grandes defesas nas raras vezes em que houve um chute certo a gol.

Aos 32min, Hernanes recebeu na entrada da área, mas o goleiro adversário saiu bem e fechou o ângulo do são-paulino. No final da etapa inicial, aos 43min, Preto bateu de voleio, fraco, em cima de Rogério Ceni.

Antes ainda do intervalo, o São Paulo perdeu mais um titular: o zagueiro Alex Silva, com um corte profundo no supercílio após choque de cabeça, precisou ser substituído. Ricardo Gomes optou pelo meia Marcelinho Paraíba e alterou a disposição do time em campo.

O lance de efeito que não aconteceu em nenhum momento da primeira etapa, veio logo aos 2min do segundo tempo. A zaga são-paulina deixou Baiano avançar livre para dentro da área e chutar cruzado, acertando a trave de Rogério Ceni. Na sequência, o goleiro levou um cartão amarelo por sair de forma estabanada e cometer falta em Fabinho Almeida, que ficou com o rebote.

A equipe da capital passou a buscar mais o ataque, mas continuou inofensiva por conta de muitos erros de passe e falhas individuais. Aos 6 min, Marcelinho Paraíba se desequilibrou sozinho no ataque e caiu no chão, ilustrando bem a fraca atuação do time até então.

Já aos 20min, após série de cruzamentos na área, o São Paulo assustou pela primeira vez. Marcelinho Paraíba, caindo pela direita, enganou a marcação e cruzou rasteiro na área. Dagoberto desviou de leve, no primeiro pau, e a bola tocou na trave de Douglas. Bem posicionado, Márcio Careca afastou o perigo na continuação do lance.

No minuto seguinte, Fernandinho substituiu Dagoberto, sumido em campo. O time cresceu na partida e, aos 24 min, Fernandão ajeitou de cabeça para Marcelinho Paraíba, que chutou de fora da área e obrigou Douglas a se esticar para desviar a bola.

Aos 27 min, Fernandinho, em sua jogada característica, tentou passar por três zagueiros adversários, rente à linha de fundo, e foi desarmado. O bandeirinha se equivocou e marcou tiro de meta.

Recuado, o Guarani pouco contra-atacava. Mas, aos 30 min, teve boa oportunidade em falta cobrada por Baiano, desviada de cabeça por Fabão. A bola raspou a travessão, no último lance de perigo do time mandante.

Aos 43 min, o São Paulo ainda chegou com Marcelinho Paraíba, que recebeu passe de Fernandão e bateu rasteiro. Douglas conseguiu defender e selou o placar sem gols.

FICHA TÉCNICA

Guarani 0 x 0 São Paulo

Ponto Forte do Guarani

Baiano, camisa dez, foi o jogador de maior qualidade do time. Acertou a trave de Rogério Ceni e levou perigo na bola parada.

Ponto Fraco do Guarani

Time sentiu muito a ausência de Renan, Mazola e Roger e fez sua pior atuação no campeonato.

Ponto Forte do São Paulo

A equipe melhorou na partida graças ao bom elenco que tem. As entradas de Marcelinho Paraíba e Fernandinho trouxeram mais criatividade ao ataque.

Ponto Fraco do São Paulo

Muitos erros de passe. Hernanes e Fernandão tiveram atuações abaixo da média.

Esquema Tático do Guarani

4-4-2

Douglas; Rodrigo Hefner, Fabão, Alison e Márcio Careca; Paulo Roberto, Maycon, Baiano (Moreno) e Preto; Fabinho (Márcio Lúcio) e Ricardo Xavier (Anderson Costa). Técnico: Vagner Mancini

Esquema Tático do São Paulo

3-5-2

Rogério Ceni; Renato Silva, Xandão e Alex Silva (Marcelinho Paraíba); Wellington, Jean, Hernanes, Jorge Wagner e Junior Cesar; Dagoberto (Fernandinho) e Fernandão. Técnico: Ricardo Gomes

Cartões Amarelos

Guarani: Rodrigo Hefner e Paulo Roberto

São Paulo: Xandão, Rogério Ceni e Wellington

Árbitro

Guilherme Cereta de Lima (SP)

Local

Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)

Fonte: Terra, www.terra.com.br