São Paulo e Timão tentam subir no Paulistão

São Paulo e Timão tentam subir no Paulistão

Tricolor recebe o Mogi Mirim, enquanto que o Timão tem tarefa difícil em Prudente

Corinthians e São Paulo entram em campo neste domingo (21) em busca de se aproximar dos líderes do Campeonato Paulista. Enquanto o Tricolor recebe o Mogi Mirim, no Morumbi, o Timão tem tarefa difícil contra o Grêmio-SP, em Presidente Prudente. As partidas ocorrem às 17h.

O São Paulo está em terceiro, com 27 pontos, um a mais do que o Corinthians. O Santo André, que goleou o Bragantino por 4 a 1 no sábado (20), é o líder, com 33 pontos. Já o Santos ocupa a segunda posição e pode recuperar a ponta caso vença o Ituano, às 19h30, na Vila Belmiro.

Tanto Corinthians quanto São Paulo vêm de boas vitórias na Libertadores. No Alvinegro, Mano Menezes voltará a preservar seus titulares, atuando com vários jogadores considerados reservas.

Segundo Mano, a iniciativa de preservar jogadores não significa um menosprezo com o Estadual, e sim uma questão de desgaste físico. A escalação para o confronto certamente não terá o goleiro Felipe, suspenso, o zagueiro William e o atacante Ronaldo, que sequer viajaram para Presidente Prudente.

A tendência é que Mano poupe mais cinco jogadores. Dos titulares absolutos, apenas o lateral esquerdo Roberto Carlos, o volante Ralf e o meia Danilo deverão estar em campo.

Já o São Paulo está embalado por quatro triunfos consecutivos na temporada, e também poupará alguns atletas no estádio do Morumbi.

Sem Dagoberto, poupado, o treinador promove a entrada de Fernandinho na linha de frente. Outro jogador preservado é o volante Jean, que atuou na lateral direita na vitória sobre o Nacional-PAR. Com isso, mesmo sem o condicionamento ideal, Cicinho reassumirá a vaga no setor.

O comandante, porém, não tem escolha em relação a Richarlyson, que sofreu um estiramento muscular na coxa esquerda e está vetado pelo departamento médico. O atleta pode desfalcar o Tricolor por até um mês, e o escolhido para desempenhar a função neste domingo é o ex-santista Rodrigo Souto.

Fonte: r7