São Paulo x Pameiras: Brasileirão tem briga boa na liderança

O último domingo terminou com as duas equipes empatadas com 58 pontos

A torcida até comemorou o heroico empate em 2 a 2 com o arquirrival Corinthians, mas o fato é que, agora, o Palmeiras tem a companhia do São Paulo na liderança do Campeonato Brasileiro, aumentando o nível da disputa pelo título. O último domingo terminou com as duas equipes empatadas com 58 pontos, o que fez crescer a emoção nas cinco rodadas para o fim da competição. Na parte de baixo da tabela, oito times travam uma luta igualmente dura, embora inglória, que promete se estender até o último minuto. Até mesmo o Fluminense, que chegou a ser apontado como virtual rebaixado, ganhou fôlego depois de um vitória empolgante em Belo Horizonte. Como as disputas embolaram ainda mais, é o momento de simular os resultados e projetar o futuro de cada equipe.

Com a vitória por 1 a 0 sobre o Barueri, no último sábado, o São Paulo havia assumido provisoriamente a liderança do Brasileirão, colocando pressão sobre o Palmeiras. A equipe de Muricy Ramalho conseguiu um empate com o Corinthians na base da garra, já que teve o goleiro Marcos expulso no início da partida, mas o resultado não foi suficiente para sustentar a ponta isolada, embora leve vantagem no saldo de gols.

Mas a disputa pelo título não se resume à dupla paulista. O Atlético-MG se manteve vivo após vencer por 3 a 2 o Goiás, no Serra Dourada, e diminuiu para dois pontos a diferença para os líderes. A grande novidade na parte de cima da tabela é o Flamengo, que chegou ao G-4 depois da vitória por 1 a 0 sobre o Santos, no último sábado, combinada às derrotas de Internacional (1 a 0 para o Botafogo) e Cruzeiro (3 a 2 para o Fluminense), ambos dentro de suas casas. O Rubro-Negro ganhou duas posições e pode seguir sonhando com o título, pois a diferença para os líderes é de apenas quatro pontos.

A disputa pelo título segue semelhante ao que aconteceu em 2008, quando também na 33ª rodada, São Paulo e Palmeiras estavam nas primeiras colocações do Brasileirão. A diferença é que, há um ano, o Tricolor liderava de forma isolada, com 62 pontos, um a mais do que o time do Palestra Itália. A configuração do terceiro e quarto colocados também era idêntica, já que na última temporada, o Grêmio, então terceiro lugar, somava 60 pontos, e o Cruzeiro, que era o quarto, tinha 58.

Apesar dos resultados decepcionantes em Porto Alegre e Belo Horizonte, Internacional e Cruzeiro seguem vivos na luta por uma vaga na Libertadores de 2010. No entanto, por somarem 52 e 51 pontos, respectivamente, ambos viram complicar a realização do sonho de chegar ao título do Brasileiro. Cada um dos times perdeu uma posição e, agora, a diferença para os líderes aumentou para seis e sete pontos.

Embora menos honrosa, a luta contra o rebaixamento está tão empolgante quanto a da extremidade superior da tabela. A 33ª rodada foi marcada pelo triunfo daqueles que brigam contra a degola, o que aumentou a disputa pela manutenção na Série A. Com a derrota para o Flamengo, no Maracanã, o Santos se manteve com 42 pontos e, mesmo na 13ª posição, segue perseguido pelo fantasma da Série B, mesmo que seja pequena a probabilidade. Mas a situação pode se complicar em caso de derrota para o Náutico, no próximo domingo.

Com a magra vitória por 1 a 0 sobre o Vitória, o Coritiba somou 41 pontos e deu um passo importante para se livrar do rebaixamento, embora na próxima rodada tenha o confronto direto com o Botafogo. A situação complicou mesmo para o rival Atlético-PR que perdeu por 2 a 0 para o Avaí, caiu uma posição (foi para 15º lugar) e passou a ver o Z-4 mais de perto. A diferença para a zona da degola é, agora, de cinco pontos.

Vitória de virada no Mineirão reacende esperanças do Fluminense

A disputa entre as equipes que ocupam os últimos lugares com frequência está ainda mais acirrada. O Botafogo fez 1 a 0 sobre o Internacional, em Porto Alegre, e o Fluminense, numa virada histórica, venceu por 3 a 2 o Cruzeiro, garantindo pela primeira vez neste Brasileirão uma rodada de triunfos para todos os cariocas. O Alvinegro se manteve em 16º lugar, agora com 38 pontos, e diminuiu a diferença para o Atlético-PR. O Tricolor deixou a lanterna da competição após 12 rodadas, aumentado para seis o número de jogos de invencibilidade no torneio. A equipe de Fred agora está em 19º, a cinco do Alvinegro carioca. A situação segue complicada, mas a sequência de resultados positivos fez crescer a esperança de um final feliz.

As vitórias conquistadas neste fim de semana deram fôlego a Santo André e Náutico, que, entretanto, seguem na zona de rebaixamento. Por outro lado, o Sport se complicou de vez, após perder por 3 a 2 o clássico pernambucano, caindo para a última colocação. A briga contra o rebaixamento no ano passado era bem parecida, com duas equipes somando 35 pontos. No entanto, em 2008 a diferença dos dois últimos colocados era maior, mas vale lembrar que três dos quatro ocupantes da zona da degola na 33ª rodada da última temporada viriam a cair ? Figueirense, Vasco e Ipatinga. Por isso, Náutico, Fluminense e Sport precisam estar ainda mais atentos nesta reta final.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com