Sarah  Menezes compete pela primeira vez após ouro olímpico e pega chinesa em Paris

Sarah Menezes compete pela primeira vez após ouro olímpico e pega chinesa em Paris

Medalha de ouro em Londres, judoca volta a competir após seis meses de descanso, treinos e compromissos

A campeã olímpica Sarah Menezes (-48kg) entra no tatame para competir pela primeira vez após a conquista nos Jogos de Londres 2012. Depois de seis meses de descanso, treinos e compromissos, a piauiense está na França com a delegação brasileira de judô para a disputa do Grand Slam de Paris - primeira competição internacional do ano, que acontece neste fim de semana. E a judoca já sabe quem será sua adversária. Em sorteio realizado no Palais Omnisports Paris-Bercy, a chinesa Qinqin Mo caiu na luta de estreia da brasileira.

No Mundial de 2011, realizado na capital francesa, Sarah Menezes conquistou a medalha de bronze batendo no caminho uma das principais atletas locais, a experiente e multi-medalhista Frederique Jossinet.

Sarah Menezes não será a única brasileira em Paris. Na competição que reunirá 390 atletas de 55 países, o Brasil será representado também pelos medalhistas olímpicos Felipe Kitadai (60kg) e Rafael Silva (+100kg), além de Gabriela Chibana (-48kg), Eleudis Valentim (-52kg), Ketleyn Quadros (-57kg), Claudirene Cezar (+78kg), Charles Chibana (-66kg), Bruno Mendonça (-73kg), Victor Penalber (-81kg), Nacif Elias (-90kg) e Renan Nunes (-100kg).

Bronze em Londres, Felipe Kidadai enfrentará o turco Ahmet Kaba. Também medalhista olímpico, Rafael Silva folga na primeira rodada e pega na sequência o vencedor de Grim Vuijsters (Holanda) e Duurenbayar Ulziibayar (Mongólia).

Os primeiros brasileiros a entrar no tatame serão Sarah Menezes, Gabriela Chibana, Eleudis Valemtim, Ketleyn Quadros, Felipe Kitadai, Charles Chibana e Bruno Mendonça, que lutam no sábado. No domingo, será a vez de Claudirene Cezar, Victor Penalber, Nacif Elias e Renan Nunes.

Novas regras

O Grand Slam de Paris marcará, também, o início dos testes das novas regras de competição adotadas pela Federação Internacional de Judô. A experimentação se dará até agosto, no Campeonato Mundial do Rio de Janeiro. Entre as novidades estão a pesagem na véspera das lutas e o fim do Golden Score, entre outros.

Confira todos os confrontos:

Masculino

60kg: Felipe Kitadai x Ahmet Kaba (TUR)

66kg: Charles Chibana x Khishigbayar Buuveibaatar(MON)

73kg: Bruno Mendonça x Emmanuel Nartey (GHA)

81kg: Victor Penalber x Sven Maresch (ALE)

90kg: Nacif Elias x Amar Benikhlef (ALG)

100kg: Renan Nunes x vencedor de Stefan Jurisic (SER) x Yusuke Kumashiro (JAP)

+100kg: Rafael Silva x vencedor de Grim Vuijsters (HOL) x Duurenbayar Ulziibayar (MON)

Feminino

48kg: Sarah Menezes x Qinqin Mo (CHN)

48kg: Gabriela Chibana x Aurore Climence (FRA)

52kg: Eleudis Valemtim x vencedora de Azzaya Chintogtokh (MON) x Delphine Delsalle (FRA)

57kg: Ketleyn Quadros x Szandra Szogedi (GHA)

+78kg: Claudirene Cezar x vencedora de Megumi Tachimoto (JPN) x Rebecca Ramanich (FRA)

Fonte: Globo Esporte