Sarah Menezes ganha ouro após derrotar atleta da Argentina no Campeonato Pan-Americano

A campeã mundial Rafaela Silva (57kg) perdeu a luta decisiva e acabou se contentando com a medalha prata. Neste domingo, serão realizadas as disputas por equipes.

Após estrear no Campeonato Pan-Americano de Edmonton, no Canadá, com nove medalhas de 11 possíveis (quatro outros, quatro pratas e um bronze), o Brasil voltou a subir ao topo no pódio nas lutas dos mais leves deste sábado. Dos sete brasileiros que particaram das disputas em cinco categorias (60kg, 73kg, 48kg, 52kg e 57kg), seis avançaram à final, garantindo quatro ouros e duas pratas. Charles Chibana (66kg) foi o único que não brigou por medalhas. A campeã olímpica Sarah Menezes puxou a enxurrada de medalhas ouros na categoria até 48kg. Felipe Kitadai (60kg) foi um dos maiores destaques da seleção, com todas as vitórias por ippon, uma verdadeira máquina, inclusive na final verde e amarela contra Eric Takabatake. Além de Sarah e Kitadai, Erika Miranda (52kg) e Alex Pombo (73kg) também foram ao topo do pódio.

A campeã mundial Rafaela Silva (57kg) perdeu a luta decisiva e acabou se contentando com a medalha prata. Neste domingo, serão realizadas as disputas por equipes.

Sarah Menezes (48kg) começou a sua caminhada rumo ao ouro com uma vitória contundente sobre a colombiana Luz Alvarez. Após conseguir um yuko, a campeã olímpica foi apenas administrando o resultado até selar a vitória. A semifinal contra a cubana Dayaris Mestre foi uma reedição das finais de 2010, 2012 e 2013. Mesmo com três punições, Sarah levou a melhor com um yuko, se classificando para a decisão. Diante da argentina Paula Bareto, a campeão olímpica sofreu apenas uma punição, enquanto a rival levou o terceiro shido, sendo prejudicada. No fim, melhor para a brasileira, que se manteve firme e conquistou o ouro.

Fonte: Globo Esporte