F1:Schumacher e Montoya entre os "arrogantes"

F1:Schumacher e Montoya entre os "arrogantes"

Veículo cita oportunidade em que o colombiano se referiu ao alemão

O site Formula1FanFest está criando uma lista com os pilotos mais arrogantes da história da Fórmula 1. Até o momento, dois nomes já foram divulgados: o alemão sete vezes campeão do mundo Michael Schumacher, que voltou à categoria este ano pela Mercedes GP, e o ex-piloto da Williams e McLaren, Juan Pablo Montoya, atualmente na Nascar.

Segundo o veículo, os passos de Schumacher são amplamente conhecidos. O Formula1FanFest diz que o alemão reescreveu a história da categoria com recordes de poles, vitórias e títulos, entre outros - mas também usou do que qualifica como "pecados capitais cometidos contra os companheiros pilotos".

Talvez a menção do site se enquadre o incidente entre Schumacher e Rubens Barrichello, este ano, durante o GP da Hungria. Na volta de número 66, o alemão "fechou" de forma agressiva o piloto brasileiro, que tentava ultrapassá-lo, o que poderia ter provocado um acidente. O heptacampeão foi multado posteriormente, com a perda de dez posições no grid do GP da Bélgica.

Porém, existe alguém que não exalta a importância que os números atribuem a Schumacher. O veículo cita que Montoya certa vez se referiu ao alemão como "nada especial". O Formula1FanFest destaca outras passagens do colombiano na categoria para justificar a inclusão do piloto em sua lista.

Entre elas, se destaca mais uma história envolvendo o piloto da Mercedes. De acordo com o site, o colombiano mostrou arrogância logo em sua terceira corrida na F1, em Interlagos, ao ultrapassar Schumacher de forma agressiva, e tomar a ponta da corrida - mostrando que havia chegado à categoria para ser respeitado. Após a manobra, o alemão quase saiu fora da pista.

Neste mês, Montoya encerrou um jejum de 113 corridas sem vitórias pela principal divisão da Nascar, ao vencer a etapa de Watkins Glen. O piloto, que tem dois triunfos na categoria americana, havia vencido anteriormente em 2007 - primeira vez em que um estrangeiro terminou em primeiro na Nascar.

Já Schumacher ocupa a nona posição na classificação geral de pilotos da F1, com 38 pontos.

Fonte: Terra, www.terra.com.br