Schumi lidera e, punido, vê pole cair no colo de Webber; Massa sai em 7º

Schumi lidera e, punido, vê pole cair no colo de Webber; Massa sai em 7º

Heptacampeão mostra serviço em Mônaco, mas cai cinco posições por batida com Bruno Senna na Espanha; Felipe faz seu melhor grid no ano

Ganhou, mas não levou. Contestado pelos resultados inexpressivos desde seu retorno à F-1 em 2010, Michael Schumacher finalmente mostrou serviço na pista. O heptacampeão foi o mais rápido deste sábado no treino classificatório para o GP de Mônaco, com 1m14s301, mas vai pagar caro pela batida com Bruno Senna há duas semanas, na Espanha. Punido com a perda de cinco posições, o alemão caiu para sexto no grid deste domingo. E quem se deu bem foi o australiano Mark Webber, da RBR, que fez o segundo melhor tempo (1m14s381) e viu a pole position cair em seu colo. Nico Rosberg, companheiro de Schumi na Mercedes, completa a primeira fila, seguido por Lewis Hamilton (McLaren), Romain Grosjean (Lotus) e Fernando Alonso (Ferrari).

Determinado a iniciar uma reação na temporada, Felipe Massa deu um grande passo neste sábado. Pela primeira vez no ano, o brasileiro da Ferrari avançou à superpole e vai largar em sétimo, sua melhor posição no campeonato.

O compatriota Bruno Senna não teve o mesmo sucesso. O piloto da Williams foi eliminado no Q2, anotou o 14º tempo e sairá em 13º, por causa da punição de dez posições imposta a seu parceiro Pastor Maldonado - o venezuelano, que venceu o GP em Barcelona, caiu de nono para 19º neste sábado, punido por ter tocado a Sauber de Sergio Pérez no treino livre da manhã. Kimi Raikkonen (Lotus) ficou em oitavo, à frente de Sebastian Vettel (RBR), que sequer saiu dos boxes na superpole, poupando pneus para a corrida.

O GP de Mônaco será realizado às 9h deste domingo (horário de Brasília). O bicampeão Sebastian Vettel lidera a temporada com 61 pontos, mesma marca de Alonso, que perde nos critérios de desempate (melhores colocações nas provas). O pole position Webber é o quinto na classificação geral, e os brasileiros estão mais para baixo (Bruno é o 13º, e Massa, o 17º).

Fonte: GloboEsporte.com