2°, Massa vai ao pódio após 2 anos; Vettel vence e ameaça líder

2°, Massa vai ao pódio após 2 anos; Vettel vence e ameaça líder

Massa volta ao pódio após longo jejum; Vettel vence no Japão e "cola" no líder Alonso

Deu tudo certo para Sebastian Vettel. Neste domingo, o atual bicampeão mundial venceu o GP do Japão sem dificuldades e, de quebra, entrou de vez na briga por mais um título. O piloto da Red Bull contou com o abandono de Fernando Alonso, líder do Mundial, pouco depois da largada e reduziu a diferença para apenas quatro pontos. A prova também foi especial para Felipe Massa, que terminou em segundo e voltou ao pódio após um longo jejum.

O brasileiro não terminava entre os três primeiros colocados de uma prova desde o GP da Coreia do Sul em 2010, quando foi o terceiro. No total, foram 35 provas entre aquele pódio no circuito de Yeongam e o deste domingo em Suzuka. O resultado dá fôlego a Massa dentro da Ferrari em um momento decisivo para a renovação de seu contrato, que termina neste ano.

Vettel ganhou sua segunda corrida seguida (no total, são três nesta temporada) e chegou aos 190 pontos. Alonso, que havia subido ao pódio nas duas corridas anteriores (foi o terceiro na Itália e em Cingapura), está com 194. Bruno Senna foi o 14º.

A corrida também foi inesquecível para Kamui Kobayashi e os torcedores japoneses. Correndo em casa, o piloto da Sauber foi o terceiro colocado e colocou o Japão de volta ao pódio após longa ausência ? a última vez havia sido em 1990, com Aguri Suzuki.

A prova começou quente. Na largada, Vettel se manteve na liderança, mas Webber não teve a mesma sorte. O australiano, que completava a dobradinha da Red Bull na primeira fila, foi ultrapassado por Kobayashi e acabou tocado pela Lotus de Grosjean. O francês foi punido com um stop and go (parada de dez segundos nos boxes). Na sequência, alguns carros rodaram e se envolveram em pequenos acidentes.

Um deles foi Alonso, que saiu da pista logo na primeira curva. O piloto da Ferrari, líder do Mundial, abandonou a prova após um toque com Räikkönen. Bruno Senna também se envolveu na confusão: ele teve o bico de sua Williams danificado após toque com a Mercedes de Nico Rosberg e precisou parar nos boxes. Durante a prova, o brasileiro foi punido e teve que passar pelos boxes.

Por conta dos problemas, o safety car entrou na pista. Massa saiu ileso dos acidentes e, após boa largada, pulou da décima para a quarta posição. Button também se deu bem e foi para terceiro. Após a saída do safety car, Vettel abriu distância para Kobayashi.

A primeira parada nos boxes foi excelente para Massa. O brasileiro, que colocou um jogo de pneus duros, ganhou as posições de Button e Kobayashi e assumiu o segundo lugar. Com um ritmo semelhante ao de Vettel, o piloto da Ferrari estava cerca de 10s atrás do líder da corrida.

Aos poucos, Vettel conseguiu ampliar sua vantagem para Massa, que também mantinha uma boa margem para Kobayashi. Após a segunda parada nos boxes, os dois primeiros colocados permaneciam sem ser incomodados e terminaram a prova sem sustos.

As emoções no fim da corrida ficaram por conta da tentativa de Button se aproximar de Kobayashi. Para delírio da torcida, o piloto ?da casa? conseguiu se manter à frente do piloto da McLaren e conquistou seu primeiro pódio na F-1.

A próxima corrida será realizada na semana que vem: o GP da Coreia do Sul, com largada às 3h (horário de Brasília).

Fonte: UOL