Seleção Brasileira desafia grupo da morte para tentar hexa

Seleção Brasileira desafia grupo da morte para tentar hexa

Histórico mostra que cair no grupo mais difícil é ruim até para quem passa da 1ª fase

A afirmação de Pelé que o Brasil não caiu no grupo da morte da Copa pode servir de alívio para a equipe brasileira. Isso porque num histórico recente dos Mundiais, os integrantes dos chamados "grupos da morte" não tiveram vida longa no torneio.

Mesmo as equipes que "sobreviveram" à primeira fase e eliminaram seleções que seriam, em tese, concorrentes ao título, acabaram caindo bem antes da final.

Em 2002, o grupo mais difícil tinha Argentina, Nigéria, Suécia e Inglaterra. Os africanos e os sul-americanos cairam na primeira fase. Os nórdicos perderam para o Senegal nas oitavas de final e os ingleses foram eliminados pelo Brasil nas quartas, com um show de Rivaldo e Ronaldinho Gaúcho.

Na Copa de 2006, o grupo da morte foi formado pela Argentina, Holanda, Costa do Marfim e a Sérvia, com as duas primeiras seleções se classificando. Os holandeses caíram nas oitavas de final para Portugal e os argentinos foram derrotados, nos pênaltis, pela Alemanha.

Pelé considera que o grupo mais difícil da Copa de 2010 é o que tem França, Uruguai, México e a África do Sul, dona da casa.

Porém o grupo do Brasil não será fácil, pois conta com dois dos melhores jogadores da atualidade. Portugal terá em seu ataque o melhor jogador do mundo em 2008, Cristiano Ronaldo e Costa do Marfim conta em seu ataque com a força de Drogba. Apenas a Coréia do Norte parece vir apenas como coadjuvante nesse grupo.

A Alemanha, que está na chave D, também terá trabalho para conseguir sua classificação, pois enfrentará Gana, que chegou a final da Copa Africana; a Sérvia que é uma das potências européias e a Austrália, que tem muitos jogadores atuando no futebol inglês.

Já a Espanha, uma das seleções apontada como favoritas por Pelé, não deve ter muito trabalho para passar em sua chave que conta com Chile, Suíça e Honduras. Porém terá um cruzamento da morte, seu possível adversário será Brasil, Portugal ou Costa do Marfim.

Fonte: R7, www.r7.com