Seleção Brasileira inicia ""era Mano"" em busca de vitória

Seleção Brasileira inicia ""era Mano"" em busca de vitória

Últimos três treinadores do Brasil não conseguiram vencer na estreia

O técnico Mano Menezes encara logo de cara um tabu em sua estreia na seleção brasileira, nesta terça-feira (10), às 21h (horário de Brasília), no amistoso contra os Estados Unidos, em Nova Jersey: há dez anos a equipe não vence o jogo de estreia de um técnico.

O último a conseguir tal feito foi Emerson Leão, que assumiu o cargo de 15 de novembro de 2000, numa apertada vitória por 1 a 0 sobre a Colômbia, em um jogo pelas eliminatórias da Copa de 2000, no Morumbi, em São Paulo.

Depois dele, outros três treinadores passaram pela equipe sem conseguir um triunfo para marcar o início de seu trabalho. Em 2001, Luiz Felipe Scolari sucedeu Leão e começou com uma derrota por 1 a 0 para o Uruguai, em Montevidéu, pelas mesmas eliminatórias.

Felipão só venceria em seu terceiro jogo, 2 a 0 contra o Peru, pela Copa América. Apesar de ter demorado para acertar o time, o comandante coroou sua campanha com a conquista do pentacampeonato mundial, em 2002.

Em fevereiro de 2003, Carlos Alberto Parreira assumiu a equipe, que tinha feito jogos com Scolari e Zagallo como interinos. No primeiro jogo, um sonolento empate sem gols contra a China, seguido por uma derrota para Portugal por 2 a 1 e outro empate por 0 a 0, desta vez contra o México. Vitória, só na quarta partida, 3 a 0 sobre a Nigéria, em junho daquele ano.

Em agosto de 2006, Dunga iniciou seu trabalho com um empate diante da Noruega, 1 a 1, em Oslo. No mês seguinte, porém, vieram as primeiras vitórias - 3 a 0 sobre a Argentina e 2 a 0 contra o País de Gales.

Mano assume a seleção com a missão de resgatar o futebol bonito e vistoso que o Brasil se acostumou a apresentar, mas que foi esquecido durante os quatro anos de trabalho de Dunga ? que culminaram com a eliminação nas quartas de final da Copa do Mundo, diante da Holanda.

Para essa estreia, o técnico deve apostar no entrosamento entre os jogadores do Santos, especialmente Paulo Henrique Ganso, Robinho e Neymar, que têm boas chances de serem titulares, e nos poucos remanscentes do Mundial, como o próprio Robinho, o lateral Daniel Alves, o zagueiro Thiago Silva e o meia Ramires.

Do lado norte-americano, o técnico Bob Bradley manteve a base que jogou junta nos últimos anos e esteve na Copa ? um time entrosado e que já deu bastante trabalho ao Brasil, na final da Copa das Confederações de 2009. Será uma missão dura para Mano e seus garotos para acabar com o jejum de boas estreias, mas quem disse que ser técnico da seleção é fácil?

FICHA TÉCNICA

ESTADOS UNIDOS X BRASIL

Local: Estádio New Meadowlands, em Nova Jersey (EUA)

Data: 10 de agosto de 2010, terça-feira

Horário: 21h (horário de Brasília)

ESTADOS UNIDOS: Howard; Cherundolo, Spector, Bocanegra e Bornstein; Feilhaber, Edu, Bradley e Donovan; Altidore e Findley

Técnico: Bob Bradley

BRASIL: Victor; Daniel Alves, David Luiz, Thiago Silva e André Santos; Lucas, Ramires e Ganso; Robinho, Neymar e Alexandre Pato

Técnico: Mano Menezes

Fonte: R7, www.r7.com