Sem lesão grave, Cigano brinca com enfermeira: "Não tô bonito?"

Sem lesão grave, Cigano brinca com enfermeira: "Não tô bonito?"

Médico do brasileiro diz que preocupação maior foi com corte na orelha, por isso deu antibiótico a ele. "O Cigano é muito espirituoso", afirma

Depois do susto da derrota para Cain Velásquez, que deixou Junior Cigano novamente com o rosto desfigurado, o lutador brasileiro já está mais tranquilo e até brincou com as enfermeiras do hospital para onde foi levado em Houston (EUA), após o UFC 166. O médico ortopedista de Cigano, Fabio Costa, tirou uma foto dele fazendo careta e a enviou especialmente ao Combate.com.

- O Cigano já está brincando com o pessoal, está mais tranquilo. Viu a foto dele e fez aquele comentário que é bem típico: "Poxa, to feião". Lógico que está abalado e triste pela frustração da luta, mas é uma coisa que foi muito descontraída. Dá para separar o profissional do pessoal.

Ele é um atleta e não vai ter só vitórias. O Cigano é muito espirituoso e estava divertindo o pessoal no hospital, cantando. A enfermeira falou com ele, e ele perguntou: "Pô, mas você não me acha bonito?". Ele estava bem deformado, mas bem tranquilo. Depois que passou o susto, ele se tranquilizou bem - disse o doutor à reportagem durante o voo de volta para o Brasil.

Segundo Fabio Costa, Cigano não teve qualquer tipo de lesão mais séria e deve ver o rosto voltar ao normal em cerca de dez dias. O médico contou que a maior preocupação que teve foi um corte dentro da orelha do lutador, que poderia causar uma infecção:

- A gente ficou feliz porque não houve nenhum tipo de lesão mais grave. As lesões foram todas superficiais. Ele teve um corte no supercílio. Teve também um ferimento dentro da orelha, que foi o mais preocupante por ele já ter aquela orelha de "couve-flor", e tem risco maior de infecção, então já demos antibiótico para isso. E o hematoma do olho, que não deu para fazer um exame oftalmológico mais apurado. Vai fazer assim que chegar em Salvador na terça-feira. Quanto ao rosto, em dez dias ele vai estar com a aparência bem tranquila.

Na noite do último sábado, Cigano foi derrotado por nocaute técnico no quinto round por Cain Velásquez, que manteve o cinturão peso-pesado (até 120kg) do UFC. Foi o terceiro duelo entre os dois, e o retrospecto agora é de 2 a 1 para o americano.

Fonte: G1