Sem Messi e sem fazer esforço, Barcelona goleia o Granada por 4 a 0 e se mantém na liderança

Sem Messi e sem fazer esforço, Barcelona goleia o Granada por 4 a 0 e se mantém na liderança

Sem Messi, time catalão tem boa atuação e vence por 4 a 0 no Camp Nou. Discreto, Neymar dá assistência para Alexis Sànchez após bonita arrancada

O Barcelona não precisou se esforçar muito para chegar, neste sábado, a sua 13ª vitória em 14 rodadas do Campeonato Espanhol. No Camp Nou, o time catalão derrotou o frágil Granada por 4 a 0, mesmo sem fazer uma grande partida. Ainda sem Messi, fora até o ano que vem por causa de uma lesão muscular, o Barça teve Fàbregas e Alexis Sànchez e Iniesta ? autores dos gols ? como protagonistas. Pedro também marcou. Neymar teve atuação discreta, mas deu uma assistência. O brasileiro agora é o maior ?garçom? da competição, com oito passes decisivos.

Com a vitória, o Barcelona se mantém na liderança com números impressionantes na atual temporada. Até o momento, o time está invicto e soma 13 vitórias e um empate. Com 40 pontos, lidera o Campeonato Espanhol, seguido por Atlético de Madrid (34) e Real Madrid (31) - os times da capital espanhola ainda jogam nesta rodada. O Barça volta a campo na terça-feira, pela quinta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. Classificado antecipadamente para as oitavas de final, enfrenta o Ajax, fora de casa. No sábado, visita o Athletic de Bilbao pela competição nacional de novo.

O Granada, por sua vez, se manteve no meio da classificação. Com 17 pontos, ainda é o nono colocado, mas deve perder posições até o fim da rodada. No sábado, a equipe recebe o Sevilla.

Antes de a bola rolar no Camp Nou, o atacante Messi, afastado dos gramados por causa de uma lesão muscular, exibiu para a torcida a Chuteira de Ouro recebida na última sexta-feira do diário ?Marca?, por ser o principal artilheiro entre os campeonatos nacionais da temporada passada, quando liderou a estatística do do Espanhol com 46 gols.


Sem esforço, Barcelona goleia o Granada e se mantém na liderança

Sem o argentino, o ataque do Barça foi formado por Neymar, Alexis Sánchez e Pedro - Xavi também não jogou e deu lugar a Fàbregas. Mais uma vez, o time conseguiu superar a ausência do melhor do mundo. O futebol apresentado não foi dos mais vistosos, mas o domínio catalão foi nítido, e o resultado começou a ser construído com dois pênaltis.

Aos, 18, Fàbregas saiu diante da marcação de Diakhaté dentro da área. O árbitro marcou pênalti, que Iniesta cobrou com categoria e abriu o placar. Aos 40, foi a vez do autor do primeiro gol ser derrubado. Penalidade máxima que Fàbregas cobrou e ampliou.

No segundo tempo, o ritmo do jogo ficou mais lento. O Barcelona continuou melhor, mas parecia se poupar para o duelo contra o Ajax. Nem mesmo a expulsão do argentino Iturra, aos 20 minutos, animou a equipe catalã, que, apesar de sonolenta, chegou ao terceiro gol. Aos 25, Neymar arrancou com espaço pelo meio, levou até a entrada da área e deixou Alexis Sánchez livre para marcar.

Com o resultado garantido, o técnico Tata Martino resolveu dar chance para alguns jovens do elenco catalão e poupou, entre outros, Neymar, que deu lugar a Adama Trouré. Já no fim, aos 44, Fàbregas arrancou pela esquerda e cruzou na medida para Pedro fechar a goleada: 4 a 0.

Fonte: GloboEsporte.com