Serena passa Sharapova e se torna atleta mais bem paga do mundo

Em terceiro lugar aparece a ex-campeã do UFC Ronda Rousey.

Número um do mundo no tênis, Serena Williams também assumiu o posto de atleta mais bem paga do mundo. Segundo a revista “Forbes”, a norte-americana superou a rival Maria Sharapova, que perdeu vários patrocinadores após testar positivo no exame antidoping, em janeiro. Serena, que no sábado foi derrotada pela espanhola Garbiñe Muguruza na final de Roland Garros, acumulou nos últimos 12 meses uma receita de US$ 28,9 milhões (cerca de R$ 101 milhões). Os valores são referentes a prêmios e contratos de publicidade.

A tenista ganhou durante a sua carreira algo em torno de US$ 78 milhões (RS$ 272 milhões) em prêmios por vitórias, mas permaneceu até 2016 à sombra de Sharapova, que sempre foi a favorita de empresas publicitárias. Porém, a russa perdeu os vínculos com Nike, American Express, Porsche e Tag Heuer. Por causa disso, ela acumulou "apenas" US$ 21,9 milhões (cerca de R$ 76,4 milhões) nos últimos 12 meses. A atleta, que está suspensa e não pode jogar desde março, ocupou o posto de mais bem paga nos últimos onze anos, segundo a “Forbes”.

Em terceiro lugar aparece a ex-campeã do UFC Ronda Rousey. A lutadora dos pesos-galos acumulou uma fortuna de US$ 14 milhões (cerca de R$ 49 milhões), à frente do compatriota Danica Patrick, piloto da Nascar, que aparece em terceiro, com US$ 13,9 milhões (cerca de R$ 48,5 milhões).

Serena Williams  (Crédito: Reprodução)
Serena Williams (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Extra