Sete lutadores e um técnico desaparecem em torneio na Coreia

Todos participariam de um torneio internacional de artes marciais

O Serviço Nacional de Inteligência da Coreia do Sul (NIS) iniciou as buscas a sete esportistas e um técnico, de diferentes países, que desapareceram misteriosamente do país. Todos participariam de um torneio internacional de artes marciais e sumiram já há alguns dias, segundo a agência de notícias local “Yonhap”.

São três lutadores de jiu-jítsu do Sri Lanka, quatro competidores de luta olímpica do Tajiquistão e um técnico de wushu da Uganda. Eles chegaram no fim de semana à cidade de Cheongju, localizada a 130 quilômetros de Seul, para o Mundial de Artes Marciais Masters.

Image title

Os atletas do Sri Lanka deveriam ter competido na terça-feira, mas desapareceram pouco depois de chegarem ao hotel, no sábado. Todos deixaram seus passaportes nos quartos, passagens de avião e outros pertences, segundo a agência.

Já os quatro esportistas do Tajiquistão, cujos combates estavam programados para quarta-feira, desaparecem entre sábado e domingo, dia em que também sumiu o treinador da Uganda.

A organização do torneio recorreu ao Serviço Nacional de Inteligência do país e às autoridades de imigração da Coreia do Sul para tentar descobrir o paradeiro dos esportistas. A principal hipótese é que todos estariam tentando permanecer ilegalmente no país asiático, de acordo com a Yonhap. Mas no momento, nenhuma possibilidade foi descartada.

Fonte: Com informações do Jornal Extra