Simulação prevê empate entre São Paulo e Palmeiras na final do Brasileirão; Fla em 3º

Faltam apenas cinco rodadas para o Campeonato Brasileiro terminar

Faltam apenas cinco rodadas para o Campeonato Brasileiro terminar e a expectativa para saber quem será o campeão, quem irá para a Libertadores e quem disputará a Série B em 2010 cresce a cada jogo. Além das chances matemáticas de cada time para atingir seus objetivos, há uma outra forma de tentar ?prever? o que está por vir.



A idéia é visualizar através dos históricos de todos os confrontos as chances de cada equipe utilizando o simulador da competição. Baseado nesses números, Palmeiras e São Paulo têm possibilidades iguais de chegar ao título. Ambos terminariam com 67 pontos e a diferença seria dada no saldo de gols. O Flamengo fica em terceiro, com 63, com o Inter e o Atlético-MG brigando pela última vaga na Libertadores. Ambos acabam com 62 pontos e 18 vitórias sendo o quarto colocado decidido no saldo de gols.

Na briga contra o rebaixamento, Santo André (39), Sport (37), Fluminense (36) e Náutico (35) seriam os rebaixados. Atlético-PR (55), Botafogo (50) e Coritiba (47) se salvam até com certa tranqüilidade.

Entenda como é feito o cálculo

A fórmula para simular cada resultado é bem simples. Tomemos por exemplo a partida entre Palmeiras e Atlético-MG pela 37ª rodada, decisiva para os que brigam pelo título da temporada. O mando de campo é do time paulista. Na história do Brasileirão, foram 11 vitórias palmeirenses, dois empates e três vitórias do Galo quando o jogo tinha mando de campo do Palmeiras. Neste caso, "prevemos" que a próxima partida será 1 a 0 para os mandantes, pois no total de jogos no estádio alviverde há mais vitórias para os donos da casa do que empates ou triunfos dos alvinegros.

O resultado de 1 a 0 foi escolhido como padrão para jogos em que há um vencedor, e o placar de 1 a 1 para os jogos em que há empate. Um exemplo desse último caso é a partida entre Atlético-PR e Santos, que será disputada na 32ª rodada, na Arena da Baixada. No histórico do confronto, em jogos em que o mando de campo é dos paranaenses, o número de vitórias é o mesmo para os dois times: quatro. Para completar, o mesmo número de empates: quatro. Como não há um time com retrospecto melhor do que o outro, o placar adotado foi o padrão para empates: 1 a 1.

A simulação de jogos envolvendo Barueri, Avaí e Santo André foi um caso à parte. O Barueri disputa pela primeira vez a Série A do campeonato, logo não há um registro histórico de confrontos contra os demais times. A escolha mais coerente foi tomar como referência as partidas do primeiro turno, sem poder considerar obviamente a questão do mando de campo. Assim, por exemplo, para o confronto entre Barueri e Flamengo na 32ª rodada, o placar "previsto" foi empate em 1 a 1, já que na 13ª rodada os times empataram pelo mesmo placar no Maracanã. No caso de Avaí e Santo André, a mesma lógica foi utilizada nos jogos contra times que eles ainda não haviam enfrentado antes de 2009. Isso ocorreu porque o time catarinense participou de quatro edições (74, 76, 77 e 79) e o time paulista de apenas uma (1984).

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com