Sport derrota o Goiás na Ilha do Retiro

O resultado mantém o Leão, com 45 pontos, em 11º. Já o Alviverde aguarda o fim da rodada

Em partida de um tempo s?, o Sport acabou com o jejum de oito jogos - n?o vencia desde 14 de setembro, contra o Figueirense - ao derrotar o Goi?s neste domingo por 2 a 1, na Ilha do Retiro, pela 34? rodada do Brasileir?o. O resultado mant?m o Le?o, com 45 pontos, em 11?. J? o Alviverde aguarda o fim da rodada para saber se cair? para d?cimo ou nono. Todos os tr?s gols sa?ram na movimentada primeira etapa.

O pr?ximo compromisso do Sport ? o Ipatinga, s?bado, ?s 18h30m (hor?rio de Bras?lia), no Ipating?o. O Goi?s, no entanto, recebe o Botafogo, no domingo, ?s 17h, em Itumbiara, j? que o clube foi punido com a perda de um mando de campo pela invas?o de um torcedor na derrota para o Vasco no Serra Dourada.

Le?o d? o bote, mas relaxa

O Sport come?ou a partida em cima do recuado Goi?s, que, com um bloqueio defensivo, impossibilitava o Le?o de criar jogadas. Aos tr?s minutos, o zagueiro Rafael Marques levantou o p? na grande ?rea e o ?rbitro Luiz Ant?nio Silva Santos assinalou jogada perigosa. Carlinhos Bala desperdi?ou boa chance na barreira. No minuto seguinte, o atacante lan?ou Roger, mas o goleiro Harlei estava atento e saiu do gol na hora certa.

A press?o continuou. Aos 16, Fumagalli fez bom lan?amento para Sidny, que dominou no peito e tocou para Carlinhos Bala. Impedido, o atacante chutou na rede do lado de fora. O gol parecia ser quest?o de tempo.

Mais precisamente seis minutos. Aos 22, Sidny chutou para a grande ?rea. O zagueiro C?sar, sozinho, teve tempo de dominar e mandar para o fundo das redes. A bola ainda passou entre as pernas de Harlei. Se j? n?o conseguia atacar, a defesa do Goi?s sofreu um baque. Aos 24, Fumagalli deixou Roger livre para tocar a bola por cima do goleiro esmeraldino e ampliar.

Estava t?o f?cil que o Sport relaxou. J?nior Maranh?o teve ?tima chance, mas a preciosidade o atrapalhou ao tentar encobrir Harlei. Quem n?o faz... Leva. Na primeira finaliza??o do Goi?s no jogo, o Alviverde descontou. Paulo Baier, que completou 200 partidas com a camisa esmeraldina, cobrou escanteio aos 34 e Fahel, sozinho, mandou de cabe?a para as redes. Aos 45, Durval aproveitou passe de Carlinhos Bala na ?rea e marcou o terceiro, mas a arbitragem assinalou impedimento duvidoso.

Segunda etapa ? o oposto do primeiro tempo

Se os primeiros 45 minutos foram animadores, o segundo tempo deixou a desejar. Os dois times mudaram. Sandro Goiano substituiu o apagado Andrade, enquanto o t?cnico H?lio dos Anjos p?s a equipe um pouco ? frente com o atacante Fausto, no lugar do jovem Lusmar. Curiosamente o ?nimo foi outro.

Em apenas 11 minutos, o ?rbitro Luis Antonio Silva Santos distribuiu quatro cart?es amarelos por reclama??o e faltas, principalmente por parte do time da casa. E nada de chances de gol.

Os goleiros s? foram amea?ados depois dos 20 minutos. J?nior Maranh?o soltou uma bomba de fora da ?rea e assustou Harlei. No minuto seguinte, Fahel chutou rasteiro e Magr?o s? acompanhou. A partir da?, o que mais chamou aten??o foram as substitui?es. Relaxado, o time da casa pouco tentava, enquanto o Goi?s se limitava a esperar o Le?o para encontrar espa?os. Resultado que, no fim, acabou agradando ao Sport, que acabou com o jejum, e n?o incomodou tanto o Alviverde, ainda na zona da Copa Sul-Americana.

Fonte: Globo Esporte