Surfista brasileiro passa mal e morre afogado em compeonato

Surfista brasileiro passa mal e morre afogado em compeonato

Suspeita é que "Neném", como era conhecido, tenha sofrido um mal súbito. Socorristas tentaram reanimar o homem de 39 anos, mas ele não reagiu

Um surfista de 39 anos morreu enquanto participava de um campeonato de surfe, na praia do Campeche, em Florianópolis. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ele competia em uma bateria quando passou mal e afundou. "Eles só perceberam que havia algo errado quando a prancha subiu e ficou empinada, sendo puxada para baixo", conta o co-piloto do Helicóptero Arcanjo que apoiou no atendimento, tenente Roberto Weingartner.

Segundo os Bombeiros, Cláudio Elio Faustino, morava na região e era conhecido como "Neném". O filho dele estava participando do mesmo campeonato, o 24º Surfoco, que ocorre sempre no sábado de carnaval. Segundo os socorristas, testemunhas contaram que, quando o surfista estava terminando a bateria, ele passou por uma onda e mergulhou. As pessoas que acompanhavam o campeonato só perceberam que algo estava errado, quando ele não voltou para a superfície.

Segundo os socorristas, os guarda-vidas da praia tentaram reanimar o homem, mas não tiveram sucesso. Depois, a equipe do Arcanjo também continuou com o trabalho de reanimação. "Usamos choque e adrenalina, mas ele não voltou", comentou Weingartner.

Equipes do Instituto Geral de Perícias (IGP) foram até o local para avaliar as causas da morte. Os bombeiros acreditam que ele tenha se afogado logo após ter um mal súbito.

Fonte: G1