Taiti empata no final, mas Brasil vence pênaltis e é terceiro lugar

Taiti empata no final, mas Brasil vence pênaltis e é terceiro lugar

Seleção Brasileira empata por 7 a 7 e vence nas cobranças de penalidades. Rússia bate Espanha e leva o título da Copa do Mundo de Futebol de Areia

Se no futebol de campo eles foram o saco de pancadas da Copa das Confederações, em casa a seleção do Taiti deu muito trabalho e quase atrapalhou o Brasil na disputa pelo terceiro lugar da Copa do Mundo de Futebol de Areia. Os donos da casa lutaram até o fim e perderam para a Seleção Brasileira nos pênaltis, após empate por 7 a 7, com gol no último segundo da prorrogação. Na grande final, a Rússia bateu a Espanha por 5 a 1 e comemorou o título da competição no To"ata Stadium.

Contando com o apoio da torcida, a seleção do Taiti abriu o placar com Raimana Li Fung Kuee, aos 20 segundos de jogo. Sem se assustar com a pressão, Bruno Xavier marcou em cobrança de falta, e Daniel colocou o Brasil na frente pela primeira vez. Marama Amau empatou, mas André recolocou sua equipe na dianteira antes do fim da primeira etapa.

Na volta, Eudin marcou duas vezes e a vantagem brasileira parecia ainda mais confortável. Só que Heimanu Taiarui fez um golaço, de longe, e Li Fung Kuee teve uma cobrança de falta feliz logo na sequência. Nem mesmo o gol de Jorginho abalou a vontade do Taiti. O 6 a 4 deixava a tarefa, que parecia impossível, mais próxima.

O terceiro período foi dos donos da casa. Naea Bennett e Taiarui marcaram os gols que levariam a partida até a prorrogação. Mais emoção nos últimos minutos de bola rolando. Bruno abriu o placar em cobrança de falta, mas, quando tudo parecia definido, Bennett coseguiu um gol milagroso, literalmente no último segundo, e levou a decisão para os pênaltis. Nas cobranças, brilhou a estrela do goleiro Mão, que pegou o pênalti batido por Lee Fung Kuee e nem quis ver Jorginho colocar a bola no fundo da rede e assegurar o terceiro lugar para o Brasil.

No fim do jogo, os jogadores brasileiros se juntaram aos donos da casa, e de mãos dadas, foram até a arquibancada para receber os aplausos dos torcedores presentes na arena.

Fonte: G1