Técnico rival critica Neymar após vermelho: "Brilhante, mas exagera"

Neil Lennon diz que expulsão de Scott Brown foi exagerada, mas brasileiro garante que adversário o atingiu: "Ele me chutou e me pisou no lance"

A expulsão de Scott Brown, que deu um chute em Neymar na derrota por 1 a 0 do Celtic para o Barcelona, rendeu assunto após a partida desta terça-feira da Liga dos Campeões. O treinador da equipe escocesa, Neil Lennon, disse que o cartão vermelho foi exagerado e reclamou que o brasileiro ?exagera em coisas que são pequenas?.


Técnico do Celtic reclama de Neymar:

- Não estou convencido de que foi para cartão vermelho. Se teve algum contato, foi mínimo. Ele (Neymar) tem certa reputação já. É um jogador brilhante, mas algumas vezes exagera em coisas que são pequenas. Não acho que o Neymar faça nenhum favor a si mesmo pela maneira como ele se comporta às vezes - disse o treinador do Celtic, em entrevista ao canal ?ITV Sport?.

Em seguida, ele evitou jogar a responsabilidade para cima de Brown, capitão do Celtic.

- Não acho que Brown precise se desculpar com Neymar e não acho que eu precise justificar o ato do meu capitão - completou Neil Lennon.

Após a partida, Neymar evitou entrar em polêmica e disse apenas que foi atingido pelo capitão do Celtic no lance que deixou os escoceses com um homem a menos em campo aos 13 minutos da etapa final.

- Sim, Brown me chutou e me pisou no lance - resumiu Neymar, logo após a partida.

Inclusive, o jornal ?Mundo Deportivo? chamou a atenção para o fato de que Neymar vem sendo visado em campo pelos adversários e já provocou oito cartões em dez partidas pelo Barça. Além da expulsão de Brown nesta quarta, sete jogadores rivais foram punidos com o amarelo após cometerem falta no brasileiro.

Neymar evita rótulo de líder

Polêmicas à parte, o brasileiro evitou o título de líder do Barcelona com o desfalque de Lionel Messi na partida.

- Não me senti como líder da equipe. Acredito que todos assumiram a responsabilidade. Estou somente feliz por ajudar todo o time ? completou o brasileiro.

Por fim, o brasileiro celebrou sua segunda vitória em dois jogos pela Liga dos Campeões. Antes, ele atuara na goleada por 4 a 0 sobre o Ajax, dia 18 de setembro, na estreia catalã na competição europeia.

- É especialmente importante jogar este torneio porque, para mim, é o maior de todos e essa vitória foi muito importante para nós. Foi um grande jogo, muito difícil e duro fisicamente, mas estou muito feliz com a nossa vitória. Nada é fácil, mas vamos tentar e obter bons resultados nos jogos restantes para facilitar o máximo possível nossa classificação para a próxima rodada - concluiu o camisa 11.

Fonte: GloboEsporte