Técnico do São Paulo, Muricy Ramalho quer deixar lesão de Rogério Ceni no passado

Está fora da Copa Libertadores e pode ficar até seis meses afastado dos gramados.

A contusão de Rogério Ceni foi o principal tema no Centro de Treinamento do São Paulo nessa semana. Líder e capitão do time, o goleiro fraturou o tornozelo esquerdo em recreativo na última segunda-feira.

Por isso, está fora da Copa Libertadores e pode ficar até seis meses afastado dos gramados.

Após o revés na Colômbia para o Independiente, o técnico Muricy Ramalho se mostrou saturado das lamentações pela contusão e defende apoio aos titulares no momento decisivo do semestre:

"(O Rogério) é um desfalque muito grande, mas isso acontece no futebol. Ele teve poucas contusões na carreira dele. Temos parar de lamentar e dar força aos titulares", falou o tricampeão brasileiro à Rádio Globo, na Colômbia.

Fonte: Terra, www.terra.com.br