Ceni terá seu futuro decidido hoje após treino no CT tricolor

Ceni terá seu futuro decidido hoje após treino no CT tricolor

A quinta-feira será decisiva para o futuro do goleiro e capitão do São Paulo, Rogério Ceni

A quinta-feira será decisiva para o futuro do goleiro e capitão do São Paulo, Rogério Ceni. Com uma lesão no ombro direito que necessita de cirurgia, o camisa 1 fará um teste no gramado para saber se conseguirá evitar a operação neste momento, o que diminuiria o tempo de recuperação. A tendência é que o trabalho ocorra à tarde, com a presença do médico José Sanchez e todo o corpo clínico do Reffis.

Ceni sofreu um estiramento em um ligamento durante o treino no último dia 15, quando o elenco ainda realizava a pré-temporada no CT de Cotia. Desde então, faz fisioterapia em tempo integral para se livrar das dores e, principalmente, conseguir realizar todos os movimentos que o permitam atuar em uma partida.

Mas os médicos do São Paulo, e também alguns especialistas consultados pelo clube, já apontaram a necessidade de cirurgia - agora ou depois - para se corrigir o problema. Ceni pediu a eles mais alguns dias e um novo teste. Ele ainda tem esperança de se recuperar sem precisar passar por uma cirurgia.

É inegável que houve evolução na última semana. No sábado, Rogério não conseguia levantar um copo de água. Na última terça, quando o elenco se preparava para viajar a Presidente Prudente, o goleiro já realizava praticamente todos os movimentos, para surpresa dos médicos e fisioterapeutas. Resta saber se esse quadro favorável se manterá no teste de campo, nesta quinta, quando ele voltará a trabalhar com bola após 11 dias.

- Pela nossa experiência, sabemos que precisa de cirurgia. Mas o Rogério pediu um tempo a mais e precisamos respeitar - disse o médico do clube, José Sanchez.

- Ele disse que melhorou e vamos aguardar alguns dias, mas a decisão tem que ser tomada nesta semana. Agora ele tem que provar que está melhorando, fazendo a fisioterapia e aumentando a amplitude nos movimentos - emendou.

Vale lembrar que, caso seja realizada a cirurgia, o contrato do jogador, que termina em dezembro de 2012, será automaticamente renovado pela diretoria.

Fonte: Globo Esporte