Thiago Neves poderá ser o mais novo reforço do Fla

Thiago Neves poderá ser o mais novo reforço do Fla

Árabes aceitam emprestá-lo, mas cobram caro

O otimismo do departamento de futebol do Flamengo sobre a possibilidade de contratar Thiago Neves, ex-Fluminense, se justifica. Segundo o empresário do meia, Léo Rabello, o atual clube do jogador, o Al-Hilal, da Arábia Saudita, concordou em emprestá-lo e abriu a negociação com o Rubro-Negro.

- A principal questão foi superada, já que o clube aceitou negociar com o Flamengo. Não queriam emprestar de forma alguma, mas agora têm de discutir os valores, pois a proposta do Flamengo é inferior ao que o clube pede. O Flamengo se antecipou, enviou documento oficial para o clube, mas nada foi fechado ainda ? disse.

Rabello diz que Flamengo e Thiago Neves já acertaram as bases salariais e acredita em um desfecho positivo por dois fatores. Primeiro: o jogador quer sair. Segundo: os dirigentes árabes não estão mais irredutíveis.

- Eles pagaram caro pelo jogador e estão pedindo bem alto. É algo fora dos padrões para empréstimo de jogador no Brasil. Até já diminuíram. No início, pediram alto para inviabilizar o negócio, pois não queriam liberar o Thiago. Acho que vai ser resolvido ? comentou.

O Flamengo tenta tornar a pedida do Al-Hilal suportável. A proposta rubro-negra para ter o jogador possui variáveis, e o negócio pode vir a ser superior a um empréstimo por uma temporada.

Thiago Neves tem mais três anos e meio de contrato. Como o vínculo do jogador é avaliado em R$ 22 milhões, um empréstimo é a saída mais plausível para os clubes brasileiros sonharem com o atleta, que também estaria na mira de clubes como São Paulo, Fluminense e Corinthians.

Na noite desta quarta-deira, o Flamengo publicou em seu site uma nota oficial sobre o negócio.

"O Departamento de Futebol do Clube de Regatas do Flamengo anuncia que as negociações para trazer o jogador Thiago Neves estão evoluindo positivamente, conforme manifestação do empresário do jogador, Léo Rabello, em conversas com a diretoria de futebol."

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com