Corinthians vence o Atlético-MG por 1 a 0

O Corinthians começou no ataque e teve um pênalti marcado a seu favor logo aos 2min de jogo.

O Corinthians jogou bem e controlou a partida diante do Atlético-MG neste domingo, no Pacaembu, mas perdeu um gol atrás do outro e só conseguiu definir a vitória por 1 a 0 aos 35min do segundo tempo, com Bruno César. A equipe mineira apostou nos contra-ataques e ameaçou em lances isolados, mas ficou a maior parte do tempo apenas se defendendo.

Com o resultado, o time do Parque São Jorge chegou a 21 pontos ganhos, na liderança isolada do Campeonato Brasileiro. Os paulistas contaram com a derrota do Ceará para o Internacional, por 2 a 1, no Beira-Rio, que fez a equipe nordestina parar nos 18 pontos. Já o Atlético-MG segue sem vencer fora de casa e perto da zona de rebaixamento, com apenas nove pontos.

O Corinthians começou no ataque e teve um pênalti marcado a seu favor logo aos 2min de jogo. Dentinho girou sobre Werley, invadiu a área e caiu em disputa com o zagueiro. Porém, na cobrança, Chicão tentou colocar no canto de Fábio Costa e acabou mandando para fora, desperdiçando a chance de fazer 1 a 0 já no início.

Com bom toque de bola, o time de Mano Menezes dominou os primeiros minutos apostando em triangulações no ataque. Aos 10min, Bruno César tentou dominar e a bola sobrou para Roberto Carlos na entrada da área, mas o chute do lateral foi sem direção. Ralf deu um susto na torcida ao errar um passe para trás e deixar Neto Berola livre na intermediária aos 23min, mas o atacante do Atlético finalizou muito mal de fora da área.

A equipe da casa seguia dominando a posse de bola, mas errava nas finalizações e dava margem para o contra-ataque dos mineiros. Aos 33min, Roberto Carlos deu belo passe para Bruno César na área, mas o meia bateu de primeira por cima da meta. Três minutos depois, Alessandro ajeitou para Elias na entrada da área, e novamente o chute subiu demais.

O Atlético só conseguiu assustar na última jogada do primeiro tempo, em lance que contou com um pouco de sorte. Após cruzamento de Leandro da esquerda, Neto Berola subiu para cabecear e errou a bola, que desviou em sua coxa e tocou no travessão.

Jorge Henrique substituiu Iarley no intervalo e teve a chance de abrir o placar aos 4min do segundo tempo, saindo na cara de Fábio Costa após enfiada de bola, mas concluiu em cima do goleiro. Com 17min, foi a vez de Bruno César perder oportunidade clara: ele recebeu na área, cortou a marcação para o pé esquerdo e chutou por cima do travessão.

Com tantos gols perdidos, o Corinthians quase foi punido aos 21min. Leandro cruzou da esquerda e Ricardo Bueno subiu sozinho na marca do pênalti, mas o desvio de cabeça foi para fora. Na jogada seguinte, quase tudo igual: Leandro recebeu linda bola de Ricardinho na área e tocou rasteiro para o meio, mas William afastou o perigo antes que ela chegasse a Ricardo Bueno.

A bola do Corinthians finalmente entrou aos 34min, mas não sem contar com um desvio da zaga. Bruno César recebeu de Danilo na entrada da área e arriscou de esquerda; o chute desviou no ombro do zagueiro Jairo Campos e deixou Fábio Costa vendido no lance. Aos 43min, Júlio César ainda precisou trabalhar para garantir a vitória, espalmando cabeçada firme de Ricardo Bueno.

FICHA TÉCNICA

Corinthians 1 x 0 Atlético-MG

Gol

Corinthians: Bruno César, aos 35min do 2º tempo

Ponto Forte do Corinthians

Controle da posse de bola do ritmo do jogo

Ponto Forte do Atlético-MG

Velocidade no contra-ataque e boa movimentação de Ricardo Bueno

Ponto Fraco do Corinthians

Erros de finalização durante toda a partida

Ponto Fraco do Atlético-MG

Chegou com poucos jogadores à frente e não preocupou muito a defesa corintiana

Personagem do jogo

Bruno César, que ditou o ritmo no meio de campo e fez o gol da vitória

Esquema Tático do Corinthians

4-4-2

Júlio César; Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf (Jucilei), Elias, Danilo e Bruno César; Dentinho (William Morais) e Iarley (Jorge Henrique). Técnico: Mano Menezes

Esquema Tático do Atlético-MG

4-4-2

Fábio Costa; Diego Macedo, Jairo Campos, Werley e Leandro; Zé Luís, Serginho, João Pedro (Fabiano) e Ricardinho (Fernandinho); Neto Berola (Diego Souza) e Ricardo Bueno. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Cartões amarelos

Corinthians: William, Danilo e Jorge Henrique

Atlético-MG: Werley, Diego Macedo e Leandro

Árbitro

Wilton Pereira Sampaio (DF)

Local

Estádio do Pacaembu, São Paulo (SP)

Público

22.163



Fonte: Terra, www.terra.com.br