"Tiraram proveito", diz técnico do Boca Juniors após ser eliminado

O técnico do boca, Rodolfo Arruabarrena, criticou a Conmebol.

O Boca Juniors sofreu punição por um de seus torcedores ter jogado gás de pimenta em um dos jogadores do rival River Plate, no jogo ocorrido na última quinta-feira, no Estádio La Bombonera, pela Copa Libertadores. Revoltado, o técnico do Boca, Rodolfo Arruabarrena, criticou a Conmebol.

Image title

"Pensei que o River tinha outros valores. Trataram de tirar proveito de uma situação não-desportiva. Eu tenho como valores nos quais os jogos se ganham no gramado. Me parece injusta porque tenho valores nos quais os jogos se ganham e se perdem dentro do gramado, e isso não aconteceu. Se tivesse que esperar um dia, uma semana ou um mês, esperava", disse. 

De acordo com Arruabarrena, a suspensão da partida deveria ter durado apenas cinco minutos. "A Conmebol queria jogar, os árbitros queriam jogar e a TV queria jogar a partida quando havia quatro jogadores lesionados e não poderia. O jogo deveria ter sido suspenso em cinco minutos", destacou. 

"Faltavam 45, e os outros dois jogos se resolveram no fim. Tínhamos a oportunidade de marcar. A eliminatória estava aberta. A Conmebol resolveu injustamente uma situação que tinha que ser resolvida dentro de campo. Assim, se cria um precedente", finalizou. 


Fonte: Com informações do Globo Esporte