Tóquio aprova construção de estádio olímpico de R$ 4,8 bi para 2020

Governo libera contrato para principal obra dos Jogos

O Governo japonês aprovou nesta sexta-feira o contrato para a construção do estádio olímpico para os Jogos de 2020. Após um adiamento de mais de um ano, o projeto foi aprovado com um valor de US$ 1,5 bilhão (R$4,8 bilhões).

Segundo o planejamento oficial, a construção começará em dezembro, depois de um atraso por conta do alto custo e do design inicial, que não agradou boa parte da população. O Conselho do Esporte do Japão, organização do Governo para os Jogos, afirma que o estádio estará pronto em novembro de 2019, cinco meses antes do que estava previsto.

O contrato proposto anteriormente era de US$2,65 bilhões (R$8,64 bilhões). Yuriko Koike, governadora de Tóquio, disse que vai acompanhar de perto a construção do estádio devido ao seu alto custo. Um painel está discutindo o uso da instalação depois dos Jogos.

- Pelo fardo que devemos dividir, eu vou garantir que será utilizado pelas pessoas de Tóquio e elevar minha voz quando for necessário – disse. 

O Governo de Tóquio está revisando o projeto dos Jogos por conta de seu alto custo. Em um relatório divulgado na quinta-feira, a previsão é de que os gastos superem US$ 30 bilhões (R$ 96,71 bilhões) caso não haja cortes no orçamento. O documento também sugeriu a utilização de sedes já existentes, evitando a construção de “elefantes brancos”.

Image title

Fonte: Com informações do Globoesporte.com