Torcedoras do Timão lançam campanha pelo fim do machismo no futebol

A mulher tem que poder fazer o que quiser sem ser constrangida

A Lei Maria da Penha, que pune com rigor crimes domésticos de violência contra a mulher, completou 10 anos no último dia 7 de agosto. Em comemoração a essa importante conquista, o Corinthians lançou em parceria com a prefeitura de São Paulo e o Instituto Maria da Penha a campanha “Tire o Machismo de Campo”. Para tal, quatro torcedoras foram convidadas para dividir em um vídeo relatos de machismo sofridos, sensações e desejos sobre a presença da mulher em qualquer ambiente de futebol.

O vídeo é um convite à tolerância nos campos e nos estádios, convidando todos, homens e mulheres – e torcedores de qualquer clube, é claro – a se posicionarem contra a violência, o abuso, as ameaças.

A mulher, afinal, tem que poder fazer o que quiser sem ser constrangida – e mesmo que um canto ou um comentário de cunho machista possa ter a intenção de uma brincadeira, é preciso compreender que em um contexto que coloca em risco de fato a vida das mulheres, como o do machismo, a brincadeira se torna uma séria ameaça.

A própria Maria da Penha Fernandes, vítima emblemática da violência contra a mulher no Brasil e homenageada com o nome da lei, participa do vídeo. Por duas vezes Maria da Penha sofreu tentativa de assassinato pelas mãos do então seu marido, e acabou paraplégica por conta das agressões. Ela explica que a lei não surgiu para punir os homens, mas somente o homem agressor, “que não sabe tratar sua mulher como pessoa humana”.

A sugestão de que o futebol ou qualquer outro ambiente não são “para mulher” é abjeta e expõe desigualdade e exclusão. Todos devem poder fazer o que quiser e frequentar o ambiente que desejarem, sem serem ameaçados, coagidos ou constrangidos. Quando as mulheres frequentam o estádio e trabalham em campo, não só o futebol mas o mundo melhora – que a seleção feminina nos inspire a aprender de vez que futebol é sim pra mulher.


Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Hypeness