Torcedores do Brasileirão não querem ter Ronaldinho Gaúcho

Enquete aponta rejeição em todos os 20 times da elite do futebol brasileiro; no Palmeiras, há equilíbrio

Desde a última quinta-feira o mercado do futebol tem um ex-melhor do mundo livre para novos clubes. Com a saída de Ronaldinho Gaúcho do Flamengo, nossa reportagem questionou os torcedores sobre o interesse em ter o atleta no seu time. Nenhuma equipe da Série A do Brasileirão teve resultado favorável à vinda de R10.

A enquete recebeu mais de 320 mil votos em apenas três dias de votação, e a maioria dos torcedores brasileiros não se animou muito com a ideia de ter Ronaldinho em seu time. Grêmio e Flamengo lideraram a rejeição, com 88% e 87% respectivamente. Já no Palmeiras, a diferença foi de apenas 2% entre o ?sim? e o ?não?.

No Rio de Janeiro, o resultado foi amplamente contra a presença de R10. Além dos 87% de rejeição no Flamengo, o Fluminense teve 79% de internautas dizendo "não" ao astro, enquanto no Vasco e no Botafogo, 80% não desejam o ex-rubro-negro.

Ainda na região Sudeste, os paulistas também não querem R10 nas suas equipes. No São Paulo apenas 41% desejam o atleta, enquanto no Corinthians 61% não se intessam. No Palmeiras, porém, há quase um empate: 49% a 51%, com pequena predominância para a rejeição Satisfeitos com Neymar e Cia, os santistas também rejeitam Gaúcho com 55% dos votos. A Ponte e a Lusa concordam e não querem o jogador por 62% e 54%, respectivamente. Em Minas, apenas 34% dos cruzeirenses desejam Ronaldinho, muito perto do número dos torcedores do Galo, que dispensam o jogador com 68% dos votos.

No Atlético-GO, único time da região Centro-Oeste na Série A, apenas 23% dos torcedores desejam o atleta. Na região Nordeste, 54% dos tricolores do Bahia não se interessam por R10. Resultado próximo do Sport, onde apenas 43% gostariam de receber o jogador. Pelo Náutico, menos equilíbrio: 63% dos alvirrubros rejeitam o ex-melhor do mundo.

Na região Sul do país, origem de Ronaldinho Gaúcho, os colorados disseram ?não? em 79% dos votos. Já entre os torcedores do Figueirense e do Coritiba, marcas iguais: 72% e 73%, respectivamente, não querem o irmão de Assis.


Torcedores da Série A do Brasileirão não querem ter Ronaldinho Gaúcho

Fonte: GloboEsporte.com