Torcida apoia, mas faz cobranças em treino do timão

Torcida apoia, mas faz cobranças em treino do timão

Torcedores exibem faixa, pedindo título da Libertadores, nunca conquistado pelo clube em seus quase 100 anos de história

O Corinthians treinou diante de mais de 3 mil pessoas na manhã deste sábado. Com faixas, batuques e bandeiras, as torcidas organizadas do clube cumpriram a promessa de incentivar o time às vésperas do confronto decisivo com o Flamengo, pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América. Também houve cobranças.

Enquanto os jogadores realizavam um treinamento de finalizações no gramado do Parque São Jorge, a torcida entoava músicas nas arquibancadas. E ostentava faixas, com os lemas "luta", "raça", "atitude", "tradição", entre outros. Além de uma com frase provocativa ao Flamengo: "Chega de enganação: a maior torcida do Brasil é a do Timão".

Até um gol de Ronaldo os torcedores comemoraram. Quando o atacante chutou no canto do goleiro Julio Cesar e acertou as redes, o que não vem conseguindo fazer nos jogos do Corinthians, parte do público vibrou. Um corintiano, isolado dos demais, não se conteve: "Você tem que representar! Aqui é Corinthians, gordo!".

Alguns torcedores faziam questão de cobrar o time. Gritavam "é quarta-feira", pediam "raça" entusiasticamente e avisavam que "se o Corinthians não ganhar, o pau vai quebrar". Mas eram rapidamente encobertos pela maioria, que preferia cantar músicas de apoio ao elenco.

Após a atividade, os atletas se dirigiram ao público para agradecer pelo incentivo com aplausos. A torcida permaneceu nas arquibancadas da Fazendinha por mais algum período, berrando, antes de recolher seus artefatos. "Fizemos a nossa parte. Agora é com eles", comentou um corintiano, enquanto deixava o Parque São Jorge.

Fonte: Terra