Tyson diz estar "à beira da morte" devido alcoolismo: "Quero viver"

Tyson diz estar "à beira da morte" devido alcoolismo: "Quero viver"

Ex-campeão peso-pesado de boxe conta que está só há seis dias sem beber ou usar drogas, mas que precisa "viver uma vida diferente agora"

O ex-campeão dos peso-pesados Mike Tyson começou uma nova etapa em sua carreira recentemente. Ele estreou como promotor de lutas no embate entre o dominicano Argenis Mendez e o canadense Arash Usmanee pelos superpenas. Mas o que precisa mesmo é dar um rumo certo à vida pessoal. Em uma de suas entrevistas à imprensa internacional, o ex-lutador expôs um drama: estaria perdendo a luta contra o alcoolismo.

- Estou à beira da morte porque sou viciado em álcool. Sou um cara malvado às vezes. Fiz muitas coisas ruins que desejo que sejam perdoadas. Quero mudar minha vida, quero viver uma vida diferente agora. Quero viver a vida sóbrio - disse o ex-astro à ESPN americana no programa "Friday Night Fights".

Tyson revelou na entrevista que não fazia uso de substâncias ilícitas havia pouco tempo.

- Eu não bebi or usei drogas durante seis dias, e isso, para mim é um milagre. Estive mentindo para todo mundo que pensava que estava sóbrio. Mas é meu sexto dia. E nunca vou usar de novo - relatou o ex-lutador de 47 anos.

Ex-campeão dos peso-pesados no boxe, Mike Tyson se aposentou em 2005, na derrota para Kevin McBride. Desde então, ele foi preso por estupro, amargou a morte de sua filha Exodus e investiu em sua carreira como ator, ganhando destaque nos dois primeiros filmes da franquia "Se Beber, Não Case!".

Fonte: GloboEsporte.com