UFC: Overeem promete agressividade para tomar cinturão de Cigano: "calarei críticos"

UFC: Overeem promete agressividade para tomar cinturão de Cigano: "calarei críticos"

"Eu só queria entrar no octógono e mostrar que estou pronto e que é a minha hora”, disse.

Bastou encerrar o combate contra o ex-campeão Brock Lesnar, e Alistair Overeem já trocou suas prioridades. Estreante no UFC, na edição 141, nesta sexta-feira, ele nocauteou o norte-americano e ganhou automaticamente a chance de enfrentar o detentor do cinturão dos pesos pesados, Júnior Cigano. Além de analisar a vitória ainda no primeiro round, o holandês analisou seu próximo combate e prometeu manter a agressividade contra o brasileiro.

Overeem era questionado pelos críticos, mesmo com conquistas no Pride e no Strikeforce. Com a estreia no UFC, ele se mostrou feliz em provar o contrário. ?Estou muito satisfeito (em calar os críticos. Eu só queria entrar no octógono e mostrar que estou pronto e que é a minha hora?, disse o veterano, emendando um desafio a Cigano.

?Júnior é um lutador totalmente diferente, a estratégia será outra. Mas gosto de ser agressivo, não gosto de ficar lutando para trás?, afirmou Overeem, comparando o estilo nocauteador do brasileiro ao de Lesnar, mais voltado às quedas e ao ground and pound.

Em Las Vegas, o holandês precisou de pouco mais de dois minutos e fechou a luta com uma saraivada de joelhadas e um chute no fígado do norte-americano, que anunciou a aposentadoria após a luta. Segundo ele, foi 100% o que previu para o duelo.

?Eu previ para a minha esposa que faria assim e assado e que finalizaria rapidamente. Não sei se foi sorte ou estratégia, só estou feliz de ter conseguido a vitória?, disse ele, que tomou alguns pontos na região da sobrancelha, devido a um corte.

Fonte: UOL