Vagner Love falta treino após recusa do CSKA

Rogério volta a jogar no 4-4-2 e David atua entre os titulares

O primeiro coletivo do Flamengo durante a paralisação do Brasileiro por conta da Copa do Mundo aconteceu na manhã desta sexta-feira, poucas horas antes de o Brasil enfrentar Portugal, na África do Sul. Apesar de não ter nenhum reforço à disposição e um ataque desfigurado, Rogério Lourenço quis começar a observar a futura formação que deve enfrentar o Botafogo, dia 14 de julho, no Maracanã. Mas a principal novidade ficou por conta da ausência de Vagner Love, que não compareceu ao Ninho do Urubu.

Até o momento, o atacante não justificou a sua ausência da atividade, que estava marcada para começar às 8h30m (horário de Brasília). O seu ?sumiço? acontece um dia depois dele saber que o CSKA não aceitou a contraproposta do Flamengo pela sua compra, praticamente selando que ele não deve ficar mais no Flamengo. Os russos só aceitam vendê-lo por R$ 33 milhões, valor utópico para a realidade rubro-negra. O seu contrato termina no próximo dia 10.

Diante desta situação, a dupla de ataque da atividade foi formada por Paulo Sérgio e Vinícius Pachecho. Além de Love, outro jogador renomado não participou da atividade. Com dores no tornozelo esquerdo, fruto de uma pancada sofrida no jogo contra o Palmeiras, dia 02 de junho, Petkovic vem treinando separadamente, pois ainda sente dores no local.

Outras situações também chamaram a atenção. A primeira é que Rogério escalou David entre os titulares, apesar de o contrato do zagueiro terminar no próximo dia 30 e ainda não existir uma definição com relação à sua renovação. A outra questão foi a entrada do Camacho no meio de campo. Por fim, o treinador não manteve o esquema com três zagueiros como o que foi visto contra o Goiás, no último dia 5, no Maracanã. Dessa maneira, os titulares jogaram com Bruno, Leonardo Moura, David, Ronaldo Angelim e Juan; Maldonado (Antônio), Willians, Camacho e Michael; Paulo Sérgio e Pacheco.

Os reservas treinaram com Marcelo Lomba, Rafael Galhardo, Jean e Welinton (Fabrício); Everton Silva, Rômulo, Toró, Fernando e Rodrigo Alvim; Diego Maurício.

O coletivo terminou com os titulares perdendo por 2 a 1. Os gols dos reservas foram marcados por Diego Maurício e Fabrício, com Pacheco descontando. Vale ressaltar que Toró e Fernando estão suspensos dos próximos dois jogos. O diretor-executivo, Zico, esteve no Ninho do Urubu e acompanhou a atividade na beira do campo.

Fonte: Globo Esporte