Valdivia deixa Emirados Árabes e reforçará time chileno, diz jornal

Jogador quer voltar a atuar pela seleção chilena

O meio-campista Valdivia negocia para deixar os Emirados Árabes Unidos e voltar para um clube onde fez história e é ídolo. Após deixar o Palmeiras na metade de 2015, o chileno negocia para retornar ao Colo-Colo, clube que o revelou para o futebol.

Segundo o jornal chileno La Cuarta, Valdivia já acertou todos os detalhes para atuar pelo clube a partir do segundo semestre, quando abre a janela de transferências. Após vencer a Copa da Liga local, o meio-campista julgou que seu ciclo nos Emirados Árabes estava encerrado e aceitou diminuir seu salário para retornar ao Chile.

Para fechar com o clube chileno, Valdivia fez requisição semelhante a que já havia feito no Palmeiras no final de sua passagem: um time competitivo para brigar por títulos. O presidente do Colo-Colo, Aníbal Mosa, tranquilizou o meia e disse que a intenção é montar uma equipe forte, começando pelo próprio jogador.

O interesse em voltar ao seu país também está diretamente ligado à seleção chilena. Com a demissão de Jorge Sampaoli e a chegada de Antonio Pizzi, Valdivia perdeu o posto cativo que mantinha na seleção nacional. Por isso, optou por retornar ao seu país para jogar em uma liga mais competitiva e ter a chance de seguir no grupo que conquistou a Copa América no último ano.

A tendência é que o atleta se apresente em seu novo clube após a Copa América Centenária. O processo coincidiria com o anterior, quando deixou o Palmeiras rumo ao Al-Wahda após sua participação na vitoriosa campanha da Copa América de 2015.


Valdivia  (Crédito: Reprodução)
Valdivia (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Uol