Por falta de disciplina, Valdivia é afastado da seleção chilena

Além da suspensão, os cinco jogadores perderão 30% dos prêmios obtidos nos jogos das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2014


Valdivia e mais 4 são afastados da seleção chilena por 10 partidas por indisciplina

O palmeirense Valdivia sofreu mais um baque nesta quarta-feira. O meia e seus companheiros Beausejour, Arturo Vidal, Carmona e Jara, já afastados da seleção chilena, foram suspensos por dez partidas nesta terça-feira pelo caso de indisciplina antes do jogo contra o Uruguai pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do Brasil, em 2014.

Os jogadores, punidos pelo técnico Claudio Borghi, poderão apelar da sanção após cumprirem cinco partidas de suspensão, segundo um comunicado entregue pela Associação Nacional de Futebol Profissional do Chile (ANFP).

Borghi tomou a decisão de afastar os cinco após comprovar que os atletas chegaram tarde e em estado de embriaguez à concentração do Chile para os jogos contra Uruguai e Paraguai, em 11 e 15 de novembro.

Essas duas partidas não serão contabilizadas para o castigo e a medida começa a ser cumprida a partir do amistoso entre Chile e Paraguai nesta quarta-feira. Além da suspensão, os cinco jogadores perderão 30% dos prêmios obtidos nos jogos das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2014.

Apesar do erro dos atletas, Borghi disse nesta terça-feira que ainda pretende contar com todos no futuro. "Eu jamais disse que não vou mais chamar o Valdivia. Não sei de onde tiraram isso", garantiu.

A atual fase do meia chileno, no entanto, está longe de ser das melhores. Desde seu retorno ao Palmeiras, Valdivia não correspondeu às expectativas em campo e viveu uma série e confusões fora dele. O jogador processou uma modelo chilena acusando-a de tê-lo extorquido por conta de uma foto íntima feita por ela em uma conversa virtual entre os dois, quando ela era menor de idade.

Mais tarde, Valdivia se envolveu em um caso parecido ao acusar um fotógrafo brasileiro de chantageá-lo por conta de uma foto em que ele, que é casado, aparece beijando uma outra mulher. No fim de maio, quando estava com a seleção, atropelou acidentalmente um operador de câmera que estava cobrindo a equipe.

No Palmeiras, discutiu com diretores da antiga gestão do clube, ouviu de Arnaldo Tirone (atual presidente) que poderia ser trocado com Dagoberto, do São Paulo, e foi criticado pela torcida. Na seleção, as confusões também não são novidade. Em 2007, Valdivia já havia sido suspenso pelo então técnico Marcelo Bielsa quando uma camareira de um hotel venezuelano acusou ele e outros chilenos da seleção de terem chegado bêbados ao local proferindo ofensas sexuais. Pelo episódio, Valdivia chegou a receber 20 jogos de gancho, pena que acabou caindo para dez.

Fonte: uol.com