Vasco bate o América por 2 a 1

Vasco bate o América por 2 a 1

Na próxima rodada, o Vasco vai encarar o Botafogo, no domingo, no Engenhão

Nilton e Carlos Alberto fizeram a alegria dos pouco mais de quatro mil torcedores do Vasco que compareceram ao Engenhão na noite desta quarta-feira, para acompanhar o confronto pela segunda rodada da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. Com os lances, o Gigante da Colina venceu o América por 2 a 1 e chegou aos seis pontos no Grupo B da competição. O Alvirrubro, que diminuiu com um gol contra de Fágner, seguiu sem pontuar.

Os gols da partida saíram na etapa final após um primeiro tempo cheio de oportunidades desperdiçadas pela time da Colina. Sob o olhar do atacante Elton, que chegou ao Rio de Janeiro e vai assinar contrato nesta quinta-feira, os comandados de Vagner Mancini mostraram um futebol melhor do que o apresentado na primeira rodada da competição e conseguiram o triunfo.

Na próxima rodada, o Vasco vai encarar o Botafogo, no domingo, no Engenhão. O América pega o Macaé, fora de casa, no sábado.

Gigante da Colina desperdiça muitas chances na etapa inicial

Logo aos três minutos, Philippe Coutinho aproveitou bobeada dos zagueiros, invadiu a área e chutou para boa defesa de Roberto, que espalmou para escanteio. O América respondeu aos oito. Em um bate-rebate dentro na defesa do Vasco, Osmar dominou na marca do pênalti e chutou para a intervenção de Fernando Prass.

Philippe Coutinho perdeu uma outra chance clara de gol aos 12. Dodô recebeu na entrada da área e rolou para o garoto. O meia ajeitou o corpo e chutou de primeira para outra grande defesa de Roberto. Mais uma vez o América respondeu logo em seguida. Aos 17, Jones Carioca cruzou na área e Adriano, de frente para o gol, errou o chute.

Atuando com desenvoltura, Dodô voltou a colocar Coutinho de cara para o gol. O garoto dominou dentro da área e rolou para Léo Gago. O volante chutou e a bola foi travada pela defesa. Aos 26, o "artilheiro dos gols bonitos" recebeu na entrada da área e arriscou. A bola passou à direita de Roberto.

No minuto seguinte, Philippe Coutinho tocou para Dodô na entrada da área. O goleador tentou chutar, mas foi travado pela zaga. Na sobra, Coutinho arriscou de fora da área e Roberto salvou mais uma vez. Aos 37, Léo Gago cobrou falta da direita na cabeça de Carlos Alberto. O capitão tocou de leve e a bola passou por cima do gol do América.

Nilton e Carlos Alberto garantem os três pontos para o Vasco

O Vasco voltou para o segundo tempo com uma alteração. Mancini sacou Jumar e optou pela entrada de Souza. A equipe entrou melhor na etapa final e logo aos cinco minutos abriu o marcador. Nilton arriscou da intermediária e o goleiro Roberto aceitou: 1 a 0. O gol deu tranquilidade ao time da Colina para jogar nos contra-ataques.

A primeira chance de ampliar aconteceu aos 13 minutos. Carlos Alberto tocou para Márcio Careca, que cruzou na marca do pênalti. Coutinho tentou chutar de primeira e furou. Na sobra, Dodô cruzou para Careca pelo lado esquerdo da área. O lateral soltou a bomba e Roberto espalmou para escanteio.

O Vasco tentava ampliar o placar, mas pecava no último passe. Aos 27, o América teve uma chance de ouro para empatar. Adriano tabelou com Daniel Morais e recebeu dentro da área. O atacante soltou a bomba e Fernando Prass fez uma linda defesa, salvando o time da Colina. Três minutos depois, Dodô foi lançado, ganhou do zagueiro na corrida e chutou para fora.

Aos 36, o Vasco pôde respirar aliviado. Carlos Alberto puxou contra-ataque e rolou para Dodô dentro da área. O goleador chutou e Roberto fez uma ótima defesa. Na sobra, o camisa 19 pegou o rebote, cortou um defensor do América e finalizou para marcar o segundo do Gigante da Colina. No fim, aos 45, Fágner se enrolou após cruzamento da direita e marcou contra.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com