Vasco vence o Bahia e assume a liderança

Vasco vence o Bahia e assume a liderança

O time carioca não vencia um jogo em Salvador há 20 anos, ou 14 confrontos

O Vasco derrotou o Bahia por 2 a 0 neste domingo, no Estádio Pituaçu, em Salvador, e retomou a liderança do Campeonato Brasileiro da Série A, graças também ao empate do Corinthians contra o Inter, no Beira-Rio. De quebra, a equipe cruzmaltina ainda quebrou três tabus históricos envolvendo o rival baiano e ganhou ânimo extra na briga pelo título nacional.

O time carioca não vencia um jogo em Salvador há 20 anos, ou 14 confrontos - o último triunfo havia sido contra o Vitória, em 1991. Além disso, o Vasco não derrotava o Bahia pela Série A desde o ano 2000 - de lá para cá, foram cinco encontros, com três reveses e dois empates.

Para completar, a equipe do Rio também encerrou o jejum dos cariocas contra o rival tricolor de Salvador na Série A de 2011. Até então, haviam sido sete duelos, com três vitórias para os baianos (duas contra o Fluminense e uma contra o Flamengo) e quatro empates (dois com o Botafogo, um contra o Flamengo e um contra o Vasco).

Na partida deste domingo, o Bahia começou embalado pela torcida local, que lotou o Estádio Pituaçu. Por isso, foi para cima do Vasco e, logo aos 9min, carimbou o travessão de Fernando Prass, em chute violento de Fabinho da intermediária. Incendiado pelos torcedores, o clube baiano dominava as ações, mas pecava pela inferioridade técnica.

O time cruzmaltino reagiu e, com Diego Souza, foi para cima. Primeiro, o jogador acertou pancada de fora da área e viu Marcelo Lomba fazer linda defesa. Depois, protagonizou bela tabela com Felipe que resultou no gol vascaíno. Aos 22min, o lateral-esquerdo tabelou com o meia e bateu colocado, marcando um golaço e abrindo o placar.

Na segunda etapa, o Bahia foi para o tudo ou nada. Entretanto, esbarrou na forte marcação carioca, que buscava segurar a vitória que lhe devolvia a liderança do Campeonato Brasileiro. Os 45 minutos do tempo complementar seguiram truncados, com o time cruzmaltino criando mais chances que o rival, mas sem maiores emoções.

O Vasco ainda teve tempo para ampliar o placar, aos 46min, em belo gol de Diego Souza, que recebeu na frente e tocou na saída de Fernando Prass, dando números finais ao confronto em Salvador. Apesar do triunfo por 2 a 0, que seguiu até o fim, a equipe do Rio de Janeiro perdeu Diego Souza e Fágner, suspensos para a próxima partida pelo segundo cartão amarelo.

Com o triunfo, o Vasco chegou aos 57 pontos e recupera a liderança da Série A. Isso, por causa também do tropeço do Corinthians, que empatou com o Inter em Porto Alegre por 1 a 1 e estacionou nos 54. Já o Bahia permaneceu com seus 36 pontos e, agora, corre maior risco de rebaixamento. O último time fora da zona é o Ceará, com 32, mas o Cruzeiro - 17º colocado com 31 - entra em campo às 18h, contra o Atlético-GO.

Na próxima rodada, o Vasco irá encarar o confronto direto contra o São Paulo, que também briga pelas primeiras posições da tabela. O duelo será realizado em São Januário, no domingo, 30 de outubro, às 16h (de Brasília). O Bahia, por sua vez, encara o embalado Figueirense, no mesmo dia e horário, mas no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Ambos os confrontos são válidos pels 32ª rodada do certame.

Ficha técnica

BAHIA 0 x 2 VASCO

Gols

VASCO:

Felipe, aos 22min do 1º tempo, e Diego Souza, aos 46min do 2º tempo

BAHIA: Marcelo Lomba; Gabriel, Titi, Paulo Miranda e Dodô; Fahel, Fabinho, Helder e Jones (Lulinha); Souza e Reinaldo (Júnior)

Treinador: Joel Santana

VASCO: Fernando Prass; Fágner, Dedé, Douglas e Felipe (Bernardo); Jumar, Eduardo Costa (Nilton), Rômulo e Allan; Diego Souza e Éder Luís

Treinador: Cristóvão Borges

Cartões amarelos

BAHIA: Titi, Paulo Miranda, Fahel e Lulinha

VASCO: Diego Souza e Fágner

Árbitro

Wilton Pereira Sampaio (DF)

Local

Estádio Pituaçu, em Salvador (BA)

Fonte: Terra