Vasco pode ter de pagar dívida de R$ 39 milhões a Romário na Justiça em janeiro

A diretoria não nega dívida, e já teria procurado o advogado de Romário

O Vasco pode sofrer um duro golpe em suas finanças já em janeiro. Segundo o jornal O Globo, Romário estaria disposto a cobrar na Justiça R$ 39 milhões devidos a ele pelo clube. O ex-jogador teria uma confissão de dívida assinada pelo ex-presidente Eurico Miranda, e estaria disposto a cobrá-la já no primeiro mês de 2009, já que não recebe o que lhe é devido desde agosto de 2008.

A atual diretoria não nega dívida, e já teria procurado o advogado de Romário para renegociar o parcelamento.

- Pedimos os contratos de direito de imagem e outros, que deram origem à confissão da dívida, mas não nos entregaram ? explica Luiz Américo Chaves, ex-vice e agora assessor jurídico do Vasco.

Segundo Norval Valerio, advogado de Romário, a posição do ex-jogador é clara.

- Não há como não reconhecer a dívida. Nós nos reunimos com a nova diretoria para discutir a proposta de refinanciamento, mandei até um e-mail para o advogado. O montante chega perto dos R$ 39 milhões. São cento e tantas parcelas, o Romário não vai abrir mão. Eles sabem disso. A gente ouve que o clube não tem dinheiro, mas também fica sabendo que contrata empresas com honorários altos e vem tendo outros tipos de despesas.

Fonte: Globo Esporte