Veja Gol: Fluminense vence Palmeiras

Com derrota, Palmeiras, que reclama de um anulado de Obina, vai terminar a rodada na segunda colocação

Foi suado, disputado, polêmico, mas o Fluminense superou todas as adversidades e venceu o Palmeiras por 1 a 0, neste domingo, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Fred, de cabeça, marcou o único gol validado da partida. Isso porque Obina também balançou a rede, mas o gol foi anulado pela arbitragem, o que gerou muita reclamação dos palmeirenses.

A vitória deixa o Flu na 17ª colocação (36 pontos), a uma posição de sair da zona de rebaixamento. Já o Palmeiras perdeu a chance de voltar à liderança e vai terminar a rodada em segundo, com 58, um a menos que o São Paulo.

Após seu terceiro triunfo seguido e uma sequência de sete jogos sem derrota no Nacional, na próxima rodada o Tricolor recebe o Atlético-PR, no dia 15. Antes, no dia 11, o Palmeiras também joga em casa, contra o Sport.

O jogo

A etapa inicial pode ser dividida em duas: antes e depois da parada para beber água, que aconteceu aos 22 minutos. Antes, um jogo mais cadenciado, sem muita velocidade e mais disputado no meio de campo. As chances eram escassas. Aos três minutos, Fred passou por Maurício e bateu rasteiro. Bruno segurou.

Com dez de jogo, Vágner Love foi lançado em posição legal, ganhou de Digão, mas o zagueiro se recuperou e atrapalhou o atacante. Desequilibrado, o jogador alviverde deu uma furada e perdeu grande chance.

Com a temperatura de 37 graus no Rio, o árbitro Carlos Eugenio Simon decidiu parar o jogo para que os atletas pudessem se refrescar. E parece que deu certo. Ambas as equipes voltaram mais inspiradas. Teve até gol anulado. Aos 29, Figueroa bateu cruzou da esquerda, Obina disputou com Maicon e balançou a rede do Flu. Simon alegou falta do atacante e invalidou o lance, gerando muita reclamação do Palmeiras. As câmeras da TV não mostram a infração.

Os visitantes não se abateram e foram de novo ao ataque com 36 minutos. Figueroa cruzou cruzado da direita e quase marcou. A bola saiu por pouco.

A partir daí o Fluminense cresceu na partida e teve três boas chances para abrir o placar. Aos 38, Dieguinho entrou na área pela esquerda e bateu cruzado. Bruno desviou para escanteio. Dois minutos depois, Conca bateu falta da meia esquerda, Gum escorou para Dalton, que, livre, cabeceou à direita do gol. E aos 42, Mariano driblou Souza e cruzou na segunda trave. Fred não alcançou, mas a bola sobrou para Dieguinho dominar e chutar à esquerda.

Fred decide

O Flu voltou do intervalo no mesmo ritmo que terminou o primeiro tempo. O Palmeiras passou a ter mais dificuldade. Logo aos 40 segundos, Diguinho aproveitou cobrança de escanteio de Conca e emendou de primeira, de fora da área. A bola saiu com perigo, por cima do gol.

A gol tricolor saiu da mesma jogada. Conca desta vez bateu no meio da área, Fred, sem precisar subir, cabeceou para abrir o placar, aos 14 minutos.

O Palmeiras não conseguia segurar a bola no campo de ataque, e as chances do Flu se sucediam. Com 24 minutos, Fred lançou Mariano em boas condições no ataque. O lateral entrou na área, chutou com o pé esquerdo e mandou torto demais.

A partir daí foi só o Flu controlar o jogo. As substituições de Muricy no Palmeiras não surtiram efeito. E as do Tricolor mantiveram o bom ritmo do time. O final ficou mesmo no 1 a 0.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com