"Vestir essa camisa do Fla me dá de volta a alegria de jogar futebol", diz atacante Adriano

Com uma recepção de gala, o Imperador concedeu entrevista coletiva

Quase oito anos depois de sua última exibição com a camisa rubro-negra, no dia 28 de julho de 2001, na vitória sobre o San Lorenzo por 2 a 1, em Buenos Aires, pela Copa Mercosul, Adriano está de volta ao Flamengo. Com uma recepção de gala, o Imperador concedeu entrevista coletiva no salão principal do Conselho Deliberativo, na Gávea, e abriu seu coração. Muito sorridente, ele falou sobre o sonho de voltar a seleção, sua amizade com Ronaldo, e afirmou que a decepção com o futebol faz parte do passado.

- Vestir essa camisa me dá de volta a alegria de jogar futebol. A alegria voltou. Nunca pensei em parar. Quis apenas dar um tempo para relaxar e estar ao lado de minha família, dos meus amigos, que são as pessoas que verdadeiramente gostam de mim - afirmou Adriano.

Pouco depois de iniciada a entrevista, o presidente licenciado do Flamengo, Marcio Braga, que chegou atrasado, interrompeu para dar um abraçado apertado em Adriano. Em seguida, o Imperador, que já vestia a camisa do time, com seu nome às costas, abaixo de um ponto de interrogação, beijou o escudo do clube. o número de Adriano será decidido pela torcida em uma enquete criada pela diretoria rubro-negra. A tendência é que ele vista a 10 ou a 9.

O Imperador contou que seu problema ultimamente não era com o Internazionale de Milão, mas sim com a Itália, onde não se sentia bem.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com