Vettel conquista pole do GP de Abu Dhabi e iguala recorde de poles de Nigel Mansell

Vettel conquista pole do GP de Abu Dhabi e iguala recorde de poles de Nigel Mansell

Ao lado dos pilotos da McLaren, alemão da Red Bull celebra 14ª pole position

Absoluto durante todos os treinos livres para o GP de Abu Dhabi de Fórmula 1, Lewis Hamilton, da McLaren, parecia que iria confirmar o favoritismo para a pole position da corrida. Mas a estrela do atual bicampeão mundial brilhou forte. No último instante, com 1min38s481, o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, fez a pole da corrida árabe, igualando marca de Nigel Mansell no Mundial de 1992, quando o inglês largou por 14 vezes na frente. Logo atrás, vieram as McLarens de Hamilton e Jenson Button, com a segunda e terceira melhor marcas, respectivamente. O brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, larga na sexta posição.

Eliminado no Q2 após um erro na tomada final de tempo, Bruno Senna, da Renault, larga da 14ª posição. Já Rubens Barrichello, da Williams, voltou a ter problemas com o motor de seu bólido, não conseguiu sair dos boxes e é sai do penúltimo posto - punido pela troca de motor, o companheiro de Rubinho, o venezuelano Pastor Maldonado é o último do grid.

Além de igualar o recorde do inglês, que competia pela Williams à época, Vettel também equiparou o recorde de outro ídolo da Fórmula 1: o argentino Juan Manuel Fangio, pentacampeão mundial que competiu na década de 50, que foi pole position por 29 vezes durante sua estada na F1, número alcançado pelo alemão neste sábado.

Porém, a disputa pela primeira posição no grid de largada teve Hamilton com tudo no Q1, onde obteve melhor marca. Mark Webber, Jenson Button e o próprio Vettel mantinham-se em sua cola, enquanto Nico Rosberg, da Mercedes, novamente aparecia entre os primeiros. Pouco depois do início do Q2, Vettel voltou a baixar o recorde da pista, cravado por Hamilton nos treinos livres deste sábado. Mas o inglês, com 1min38s434, retomou a marca - mais de 0s5 menor que a obtida por ele próprio na atividade livre.

Mas com quase 8min para o fim da segunda qualificatória, Felipe Massa bateu em um pequeno sinalizador ao lado da pista, o que ocasionou a bandeira vermelha para a retirada dos detritos.

Na última etapa do treino, a briga ficou mesmo centralizada entre Vettel e Hamilton. O piloto da McLaren marcou 1min38s704, enquanto o rival estava apenas a 0s042 atrás. Com menos de um minuto para o fim do classificatório, os dois foram para a pista e o alemão, já com o cronômetro do Q3 zerado, fez história com o seu 1min38s481, marca que permitiu que o piloto da Red Bull de 24 anos alcançasse os recordes de dois dos mais marcantes competidores de toda a história da categoria.

Confira como ficou o grid de largada para o Grande Prêmio de Abu Dhabi

1. Sebastian Vettel (Red Bull Renault): 1min38s481

2. Lewis Hamilton (McLaren Mercedes): 1min38s622

3. Jenson Button (McLaren Mercedes): 1min38s631

4. Mark Webber (Red Bull Renault): 1min38s858

5. Fernando Alonso (Ferrari): 1min39s058

6. Felipe Massa (Ferrari): 1min39s695

7. Nico Rosberg (Mercedes GP): 1min39s773

8. Michael Schumacher (MercedesGP): 1min40s662

9. Adrian Sutil (Force India Mercedes): 1min40s768

10. Paul di Resta (Force India Mercedes) - sem tempo no Q3

11. Sergio Perez (Sauber Ferrari): 1min40s874

12. Vitaly Petrov (Lotus Renault GP): 1min40s919

13. Sebastien Buemi (Toro Rosso Ferrari): 1min41s009

14. Bruno Senna (Lotus Renault GP): 1min41s079

15. Jaime Alguersuari (Toro Rosso Ferrari): 1min41s162

16. Kamui Kobayashi (Sauber Ferrari): 1min41s240

17. Heikki Kovalainen ( Team Lotus Renault): 1min42s979

18. Jarno Trulli (Team Lotus Renault): 1min43s884

19º - Timo Glock (ALE) Virgin-Cosworth - 1min44s515

20. Daniel Ricciardo (Hispania Cosworth): 1min44s641

21. Jerome d"Ambrosio (Virgin Cosworth): 1min44s699

22. Vitantonio Liuzzi (Hispania Cosworth): 1min45s159

23. Rubens Barrichello (Williams Cosworth): sem tempo

24. Pastor Maldonado (Williams Cosworth): sem tempo no Q3*

Fonte: Terra, www.terra.com.br