Vettel vence o GP da Malásia e assume a "ponta"; Massa é quinto

Vettel vence o GP da Malásia e assume a "ponta"; Massa é quinto

Em dia de trapalhadas de Alonso e Hamilton, alemão desbanca parceiro de equipe e causa mal estar.

Em um GP da Malásia recheado de trapalhadas, até a vitória de Sebastian Vettel foi fruto de um "erro". Antes de receber a bandeirada em primeiro, porém, o alemão da RBR viu Fernando Alonso abandonar logo na segunda volta após insistir em ficar na pista com a asa da Ferrari quebrada, viu também Lewis Hamilton, hoje na Mercedes, pagar um mico daqueles ao tentar parar nos boxes de sua ex-equipe, a McLaren. Vettel também aprontou. Parou muito cedo para colocar pneus de pista seca e perdeu a liderança para Mark Webber. Mas recuperou a ponta nas voltas finais após um intenso duelo com o australiano, para ganhar a corrida.

Apesar da dobradinha, nada de festa na RBR. Pelo contrário, após a prova, o clima era dos piores. E tinha explicação. Vettel havia ignorado ordens da equipe para segurar o ritmo, não ameaçar o australiano e popuar pneus. A atitude do alemão deixou Webber irritadíssimo. Na pista, ele mostrou o dedo médio para o companheiro ao ser ultrapassado. Depois, disparou contra Vettel e a equipe: "Protegido". Constrangido, o alemão admitiu o erro e pediu desculpas. E na "corrida dos 7 erros", o do tricampeão lhe rendeu a vitória e a liderança do campeonato, com 40 pontos.

Felipe Massa foi outro que não passou ileso à movimentada corrida no circuito de Sepang. Viu suas chances de vitória irem embora logo nos primeiros metros, ao largar mal e despencar para sexto. No fim, ainda recuperou uma posição e terminou em quinto.

Saia justa entre dupla da RBR

Após a corrida, saia justa entre Vettel, Webber e os funcionários da equipe austríaca. Vencedor, o alemão manteve o semblante sério na saída da pista. Conversou com o projetista Adrian Newey e depois ouviu as reclamações de Webber. No pódio, o clima seguiu ruim. A dupla esboçarou sorrisos constrangidos e sequer se cruzaram ao estourar o champanhe.

GP da Malásia - resultado final

1º Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) - 56 voltas

2º Mark Webber (AUS/Red Bull) - a 4s2

3º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - a 12s1

4º Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - a 12s6

5º Felipe Massa (BRA/Ferrari) - a 25s6

6º Romain Grosjean (FRA/Lotus) - a 35s5

7º Kimi Raikkonen (FIN/Lotus) - a 48s4

8º Nico Hulkenberg (ALE/Sauber)- a 53s0

9º Sergio Pérez (MEX/McLaren) - a 1min12s3

10º Jean-Éric Vergne (FRA/Toro Rosso) - a 1min27s1

11º Valtteri Bottas (FIN/Williams)- a 1min28s6

12º Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber)- a 1 volta

13º Jules Bianchi (FRA/Marussia)- a 1 volta

14º Charles Pic (FRA/Caterham) -a 1 volta

15º Giedo van der Garde (HOL/Caterham)- a 1 volta

16º Max Chilton (ING/Marussia) - a 2 voltas

Abandonaram:

Jenson Button (ING/McLaren)

Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso)

Pastor Maldonado (VEN/Williams)

Adrian Sutil (ALE/Force India)

Paul di Resta (ESC/Force India)

Fernando Alonso (ESP/Ferrari)

Fonte: Globo Esporte